segunda-feira, 17 de maio de 2010

Lapônia - Terra do Papai Noel e da Aurora Boreal - Blogagem Coletiva, O Branco

Neste último dia da blogagem das cores, temos o branco..Então, convido meus leitores a voarem até a Lapônia, a terra do Papai Noel, e da Aurora Boreal...Venham comigo!
A região da Lapônia, na Finlândia, figura na história como a terra originária da lenda do velho Nicolau, o Papai Noel. Mas seus atrativos vão muito além dos roteiros que envolvem o bom velhinho fantasiado por crianças do mundo inteiro. A começar pela geografia, a Lapônia não está apenas em território finlandês. Os seus quase 400 mil quilômetros quadrados, localizados acima do Círculo Polar ártico, avançam pela Suécia, Noruega, além de parte da Rússia. O perfil poderia sugerir uma monótona paisagem gelada, mas surpreende qualquer visitante afinado às belezas naturais e desprovido de receios com o frio. Isso porque, quase toda área --- ou exatos 388 km2 --- são formados por montanhas, lagos, florestas boreais, tundras (a vegetação típica dos árticos) e relevos cuja variedade salta aos olhos dos turistas.
Essa pitoresca região é habitada por cerca de 50 mil lapões, o índio nórdico cuja origem étnica remonta 2.500 anos de história na Escandinávia. Em grupos espalhados pelos meandros da Lapônia, esses nativos vivem do rebanho de renas e porcos. Alguns ainda mantêm hábitos nômades. Outros, com o turismo, passaram a comercializar o artesanato que confeccionam com habilidade.

Mas são os fenômenos naturais que tornam a viagem à Lapônia uma experiência singular, seja no inverno ou no verão. Muitos podem não ter ouvido falar da região, mas da fabulosa terra do Sol da meia-noite, com certeza. Por causa da inclinação da Terra e de sua rotação em torno do Sol, regiões polares como a Lapônia vivem imensos contrastes entre dias de verão e de inverno. No primeiro caso, os dias são intermináveis e para conseguir dormir os habitantes locais cobrem janelas ou qualquer fresta insistente com tecido preto e grosso. 

Em julho, no ápice do verão no Hemisfério Norte, a Lapônia assiste ao "Sol da meia-noite", que dá uma volta inteira no horizonte, sem nunca desaparecer ou subir muito. O fenômeno é o deleite de turistas dos cinco continentes, que podem passear a qualquer horário por Rovaniemi, a cidade âncora da Lapônia, ou mesmo, esticar nos tragos. A língua predominante é o finlandês, mas o inglês é bem aceito. Há também a festa do Sol da meia-noite, cuja tradição manda que todos se dirijam a um lugar ao ar livre para dançar, cantar e beber entre parentes e amigos. À meia-noite todos se voltam para o horizonte, acendem uma fogueira e esperam, em vão, pelo pôr-do-sol.
A Vila do Papai Noel 

Cerca de 500 mil turistas por ano visitam a Vila do Papai Noel, localizada nas imediações de Rovaniemi. O local é a segunda maior atração da região, perdendo apenas para o "Sol da meia-noite". Na vila, além da Casa do Papai Noel, estão lojinhas, restaurantes e demais atrações do velhinho de barbas longas e brancas. De lá, pode-se mandar cartas para crianças de todos os países e em qualquer língua.
O Papai Noel da Lapônia recebe aproximadamente 700 mil cartas por ano, originadas de cerca de 150 países, quase todas com pedidos de presentes, sobretudo brinquedos. 
Fontes: http://lugareslindosefantasticos.blogspot.com
http://grupoviagem.uol.com.br
http://pt.wikipedia.org

27 comentários:

  1. Oi linda
    Meu sonho é ver uma Aurora Boreal! Mas nao animo ir num lugar desses, pelo frio!
    Ver as belas imagens valeu muito, obrigada!
    Bjos
    Léia

    ResponderExcluir
  2. Olá Renata,
    Que lindas imagens e que fascinante viagem, mas que viagem!...Parabéns!..
    Não irei à Lapónia, o meu dinheiro não dá para tanto, assim neve mais próxima, só aqui na Serra da Estrela!
    Beijinhos e valeu esta viagem, que quando feita deve ser inesquecível.
    Manú

    ResponderExcluir
  3. Tá ai um lugar que gostaria muito de ir visitar nesta minha temporada pela Suécia. Vamos ver se dá certo....
    Belíssima postagem !
    Agradeço por ter me levado a lugares incríveis nestas últimas semanas....
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Renata, suas viagens durante a blogagem coletiva me enriqueceram muito. Conheci lugares que fiquei com muita vontade de conhecer realmente. Você tem o dom para o trabalho com turismo, realmente. Vê-se que gosta do que faz. Parabéns. Adorei saber sobre a Lapônia, tinha ouvido pouca coisa sobre o locar. Fiquei curiosa. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. adorei a viagem, adoro sua companhia. bjs

    ResponderExcluir
  6. Renata, que post legal!!! O lugar é maravilhoso e acho que eu enfrento o frio se a oportunidade aparecer...Um beijo grande!! E uma super semana para você!!

    ResponderExcluir
  7. Renata, faço minhas as palavras da Tati.
    O sol da meia noitefigura no imaginário mundial. Pensa que luxo deve ser passar um dia inteiro "só de dia", rsrs.Para os locais não deve ser tão interessante, mas aposto que mesmo eles devem ainda se encantar com a beleza da aurora boreal.

    Deleite para os turistas, agora temos também os pacotes de viagem para casa do papai noel né? Aquelas "tendas geladas". Para mim é coisa de maluco, mas... até já vendi aqui. Dizem ser uma experiencia única.
    Adoro seus posts sempre tão rico em informações.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Renata,
    Adorei "viajar" pela Lapônia através do seu post.
    Parabéns pelas imagens escolhidas.São lindas!
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Que precioso reportaje Renata. Es uno de mis sueños, y espero que se cumpla.
    Emocionada me tienes.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  11. Viajar com vc Renata é sempre um prazer!
    Te sgredeço demais todas as informações, cultura, postagens lindas que fez durante nossa blogagem...Como brinco sempre com vc: vc é chiquerésima ! Obrigada por tudo! Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Renata, que lindas fotos, paisagem de sonhos!
    Gosto de ver neve assim, apenas em fotos. Não faz parte da minha vida querer conhecer lugares gelados assim, mas deve ser um espetáculo magnífico. Minha nora fêz intercâmbio na Finlândia e até hoje é maravilhada com o que viveu por lá, por 9 meses.
    Gosto demais de ler sobre a Lapônia, encanto-me pela história do Papai Noel, transporto-me para um mundo quase irreal.
    A aurora boreal é mesmo um espetáculo digno de ser apreciado de perto, não por filmes ou fotos.
    Sua blogagem foi enriquecedora, mais uma vez.
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Ahh Renata quase me senti lá pedindo umas coisinhas pro Noel, rs
    Lindo o lugar, bjs
    Maura

    ResponderExcluir
  14. Rê, Parabéns toda descrição e a colocação das fotos tornam esse passeio uma delicia...Muito Obrigada Vc coloca td mto bem! Bjooo

    ResponderExcluir
  15. Beleza, Renata!
    A aurora boreal, encanta, fascina e todos deveríamos poder ver esta maravilha de perto, fico imaginando esta imensidão branca, tranquila e este céu mudando de cores, muito mágico!
    Adorei sua partipação nesta sensacional blogagem coletiva.
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  16. Show, Renata!
    Que maravilha de lugar é esse onde tem até Papai Noel ??!!!
    Bjinhus e muita Paz e Luz prá você!

    ResponderExcluir
  17. Huyyyyy, hay si que tiene que hacer mucho frio, un saludo.
    JUAN

    ResponderExcluir
  18. Ah, eu também sonho em conhecer a aurora boreal e o sol da meia noite. Mas o frio e o sol que não se põe no verão (época em que eu iria lá, rsrs) me desanimam. Quem sabe um dia, estando nas proximidades, eu não me anime?

    Beijinho me boa semana

    ResponderExcluir
  19. que linda postagem, Renata. Amei de verdade. Pena que nosso Natal esteja tão longe. Deu uma vontadinha!

    ResponderExcluir
  20. Uma viagem de sonho, que faz parte do imaginário de pequenos e grandes.
    Um beijinho.

    ResponderExcluir
  21. Muito lindo. Estou até tiritando de frio só de ver estas fotografias.
    Obrigada por ter-nos levado a lugares tão especiais, maravilhosos mesmo. Este lugar que você escolheu para o BRANCO deve ser o que de branco a natureza tem de mais bonito.
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Linda a postagem Renata! Viajei junto! O visual deste lugar é coisa de outro mundo! Beijos e boa semana, Ju

    ResponderExcluir
  23. Oi Renata!
    Que lugar lindo para conhecer. Imagina conhecer o lugar onde Papai Noel vive!É um sonho para as crianças e os adultos tb.
    Lindo seu post branco!
    Bjs,Rozani

    ResponderExcluir
  24. Deve ser lindo de ver né?
    =)
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  25. Unas fotos preciosas las que has puesto, Renata. A pesar de todo es un lugar que no me llama la atención, hace mucho frío y el paisaje es muy monótono. Me gusta la diversidad, el contraste, pero de todo tiene que haber jj.
    Saludos

    ResponderExcluir
  26. oi REnata. Adorei as fotos! elas fizeram renascer a certeza da magia do natal em um garoto de seis anos que já está bastante machucado pela vida. as suas fotos devolveram a esse pequeno um pouco da alegria que a vida lhe tirou.
    obrigada, muito obrigada mesmo!
    professora Clau.

    ResponderExcluir
  27. o d kao contexto de nossa infancia eu tambem não canso de ver ao me colocar no lugar da pessoas que visitam a laponi para bens renata por nos proporcional este epico sonho de nos deleitar com a sua viagem joao batista machjadosonho de poder saber que existe um lugar onde o imaginário infantil volta

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo aqui,fique a vontade para deixar seu comentário!