sábado, 18 de setembro de 2010

Sorvete Mineiro de Abacaxi

Receitinha antiga...não tem novidade nenhuma...é aquela que todo mundo sabe fazer, mas que também sempre agrada...pra um dia sem muita inspiração não tem erro! 

Ingredientes:

Para o caramelo:

2 xicaras (café) acuçar cristal
4 xicaras (café) agua
1 abacaxi inteiro picado

Para o creme:

4 gemas
1 lata leite condensado
2 latas leite de vaca
1 colher (sopa) essencia de baunilha
Para o chantilly:
4 claras
2 colheres (sopa) acuçar refinado
1 lata creme de leite sem soro
Modo de Preparo:


1) no fogo médio, faça a calda de caramelo. Quando estiver no
ponto de fervura, acrescente o abacaxi e mexa até virar o doce;
em seguida coloque-o numa forma redonda e leve ao congelador até
endurecer.
2) faça o creme batendo todos os ingredientes no liquidificador e
em seguida leve ao fogo para engrossar, até formar o mingau.
Reserve.
obs: o mingau nao ficará muito duro porque nao contém
maisena.
3) faça o chantilly batendo na batedeira as claras até o ponto de
neve, acrescente o açucar refinado. Em seguida, sem o uso da
batedeira, apenas com o auxilio de uma pá, acrescente o creme de
leite sem soro e mexa bem.
4) por último, manualmente, misture o creme com o chantilly em
uma unica vasilha e jogue por cima do caramelo. Em seguida, torne
a levar ao congelador e deixe por 24 horas.

Você gosta de abacaxi? Então pode experimentar esta receita de abacaxi com merengue ou então,este maravilhoso risoto de abacaxi 

Um ótimo final de semana à todos, aproveitem bastante!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Blogagem Coletiva - Sentimentos - Perdão

Com este simples, porém belíssimo poema de Cecília Meirelles, participo da blogagem coletiva proposta pela Glorinha, do Café com Bolo, cujo tema de hoje é o Perdão.

Nem tudo é fácil
Cecília Meirelles

É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.
É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.
É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.
Se você errou, peça desculpas...
É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou com você, perdoa-o...
É difícil perdoar? Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas? Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos,
Mas também tornemos todos esses desejos,
realidade!!!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Mochatino Muffins

Gente, muffins não são novidade pra ninguém, mas pra mim pelo menos são irresitiveis no café da manhã...eu simplesmente amo...não devia, pq engorda pra caramba...mas...o que fazer????? Pra quem curte como eu, aí vai mais uma sugestão, espero que aproveitem!

A mistura do chocolate com café fica irresístivel...A foto está péssima, mas os muffins são deliciosos, eu garanto!

E pra todos vocês um ótimo dia!

Ingredientes:
-1/4 xícara de água quente
-1 colher de sopa de café solúvel
-1/2 xícara leitelho ou iogurte
-1/2 xícara de óleo vegetal
-2 ovos grandes
-1 colher de chá de extrato de baunilha
-1 3/4 xícara farinha de trigo
-1/2 xícara de açúcar
-1/2 xícara de açúcar mascavo
-3 colheres de cacau em pó
-1 colher de chá de fermento em pó
-1 colher de chá de bicarbonato de sódio
-1 colher de chá de sal
-1 1/2 xícaras de gotas de chocolate
-1 xicara de Nozes (opcional)

Peneire os sólidos
Dissolva o café solúvel na água quente e misture com os outros líquidos
Junte os sólidos peneirados aos líquidos bem misturados e por fim as gotinhas de chocolate
Distribua nas forminhas de papel, e asse em forno médio.

Se quiser a receita de um muffin de manteiga de amendoim,click aqui
Ou talvez um muffin de laranja e cramberries click aqui
E, se você prefere muffins de cereja e chocolate branco,click aqui

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Lista de Compras Divertida

Ainda tá naquela de ficar anotando tudo que você precisa comprar...Nada disso!!!
Olha só como você pode fazer sua lista de maneira fácil e divertida e ainda decorar sua geladeira...
Com esses lindos ímãs pra geladeira...
Acabou o açúcar, a farinha, café...a manteiga? É só ir colocando os ímãs e nada de esquecer...
Gostou?
Estão à venda por £20,00 neste site!  
Se não der, pra você que é prendado, é uma idéia boa pra copiar...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Camembert ao forno com compota de morangos

Um queijinho camembert, aquecido por alguns minutos no microondas, ou no forno, se você preferir. Acompanhado de uma compota de morangos. Feita com morangos, metade do peso em açúcar, uma colher de sopa suco de limão, um tantinho de licor, rum, vodka, ou qualquer outra bebida alcoolica, e pra dar um "tchan" um galinho de alecrim, onde você pode usar baunilha, anis estrelado, ou...qualquer coisa que a sua imaginação gourmet mandar. Ferver até dar o "ponto". Servir o queijinho derretendo com a compota e umas torradas. Você não tem trabalho nenhum, e faz bonito! Pode apostar! 

Quem é esse queijo maravilhoso?

Segundo a minha querida Wikipédia: "Queijo de pasta mole, produzido com leite de vaca, apresenta-se com uma fina crosta de bolor penicillium branco, que se torna impregnada de pigmentos vermelhos, castanhos e amarelos à medida que matura."
O queijo jovem, com cerca de 30 dias de fabricação, apresenta um sabor suave, ligeiramente acidulado, com um "coração" (centro da massa) de textura pouco firme, que se modifica à medida que se aproxima da crosta.
Passados cerca de 45 dias de fabricado, o queijo alcança uma maturidade e uma personalidade, com sabor e aroma mais pronunciados, adquirindo uma textura fina e fundente.

E pra você, que é curioso, e gosta de história como eu...lá vai.. 
"Afirma-se que, à época da Revolução Francesa, um certo dia, a família de Marie Harel, que habitava na Normandia, deu abrigo a um padre que estava sendo perseguido. Esse religioso vinha da região de Brie e, como forma de agradecimento aos seus anfitriões pela acolhida e proteção, transmitiu-lhes todo o seu conhecimento sobre a fabricação de queijos.
Surgiu dessa forma, através de uma adaptação da técnica da fabricação do brie, uma nova variedade de queijo, feita da massa mole que não era cozida e nem espremida. Essa nova variedade era mais macia, com um aroma mais delicado e um sabor agradável, levemente terroso.
Com a inauguração da estrada de ferro para Paris, em 1855, essa variedade de queijo ultrapassou as fronteiras da Normandia, alcançando a mesa das monarquias européias e, delas, a de consumidores de todo o mundo.
Outras histórias retratam o queijo camembert como personagem direto na revolução francesa, posto que os fabricantes, geralmente nobres, foram perseguidos e os jacobinos tratavam o queijo como uma uma iguaria clandestina. A fabricação, então, foi reduzida a poucos pontos da região de Brie, aumentando sua fama e requintando seu sabor.

E finalmente, o camembert que eu servi em uma noite congelante pros amigos...

Nada mais simples: