sábado, 29 de janeiro de 2011

Bordighera - A Cidade de Sonhos da Taina

Recebi um email muito simpático, de um brasileira também muitíssimo simpática, que mora na Itália, na charmosíssima cidade de Bordighera, essa maravilha que faço questão de apresentar para vocês agora, nas palavras da própria Taina:

"A historia de Bordighera nasce 411 d.c , com a chegada de um egipcio de nome Ampelio, que se instalou aqui. Conta-se que trouxe com ele um numero enorme de sementes  e nao é a toa que Bordighera ficou conhecida como a cidade das palmeiras. " la citta delle palme".  Com o crescimento da cidade e atraidos pelo clima privilegiado; primeiro vieram os ingleses e tantas familias italianas logo se ins talaram aqui.
Localizada na parte ocidental da costa ligure, lugar conhecido  como a "riviera dei fiori", pode-se dizer que Bordighera é abraçada  pelos alpes marinhos e assim protegida . Consegue ter durante todo  o ano um clima invejavel, atrativo para tantos turistas. E em toda sua historia atraiu gente de todo tipo: escritores, poetas, rainhas...ate a regina Mrgherita viveu por muitos anos aqui. Aquela que deu nome a pizza Margherita, tambem Monet  como ja te contei e tantos outros. A cidade é um balneario turistico de luxo , vamos dizer assim; conhecida como mini Monaco, talvez por ser vizinha e pelo mar azul como o  de Monaco. Estamos a 40 km de Nice na França e falo que é uma cidade central. Enquanto pela manha voce faz compras no Carrefour de Monaco, a tardinha voce pode querer estar no shopping Lafayette em Nice. Nao é o maximo?
E o que eu acho mais legal, estou na BELLA ITALIA, numa cidade  com zero de violencia, toda vigiada por cameras; por causa da  quantidade de turistas e perto de tudo. " TUDO DE BOM". Nao conseguiria com palavras te descrever o mar que vejo todos os dias, sem falar que a natureza aqui ja é naturalmente uma terapia. Entre  bougavilles e mimosas, plantaçoes de lavanda e girassois... isso nao tem preço, so sei que faz um bem enorme. Posso te contar ainda dos restaurantes aconchegantes, dos pubs, cafeterias que sao ponto de encontro de tanta gente que frequenta aqui. Sem falar na gastronomia " sem palavras" dessa regiao. DELICIOSA!!! E para resumir, Bordighera parece uma cidade de brinquedo, parece  que foi feita a mao e pintada com cores vivas e alegres. SO VIVENDO PARA ACREDITAR!
 
Bordighera, cidade onde Monet morou entre 1883 e 1908 serviu-lhe de  inspiração para criar maravilhosas obras.... 

Veja um pouco mais de Bordighera aqui...


Bordighera, a Cidade de Sonhos de Monet, da Taina, e agora minha também!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Petiscos estão liberados na praia?

Pegando uma "carona" no post de hoje do Oba Gastronomia, que fala sobre as delícias de se comer na praia, estive lendo esse artigo sobre os "perigos" da comida de praia...A gente se empolga, no meio da farra e vai comendo, comendo...sem parar, e sem pensar no tanto de calorias que está ingerindo...Pra falar a verdade eu acho que se você está de férias, na praia, quer mais é que o "mundo se acabe"...hehehe...não quer ficar se policiando o tempo todo...mas informação é bom, e ler a respeito não faz mal à ninguém não é? Depois não diga que eu não avisei...hehehe!!!! 
  
"Com a chegada do verão há uma busca desenfreada pelo corpo perfeito, principalmente entre os amantes das praias. As pessoas mais organizadas começam a se cuidar ainda no inverno e alcançam o peso ideal antes mesmo da chegada do verão. "Entretanto, tanto planejamento e esforço podem ir por água abaixo, se o consumo alimentar durante as férias não for adequado. Para evitar que isso aconteça, separamos algumas dicas para a manutenção do peso durante o descanso na praia", afirma a nutricionista Amanda Epifânio. 
Biscoito de polvilho
Os biscoitos de polvilho sempre estão nas recomendações de alimentos seguros para serem consumidos nas praias. Entretanto, esse é um alimento "super calórico", um pacote de 100g contém 460 calorias, equivalente a um pastel de carne simples. Esse biscoito também é muito rico em sódio, cada pacote contém o equivalente a 1,5g de sal (1 pacotinho e meio). "Em ambientes praianos, a busca pela hidratação adequada deve ser a principal preocupação das pessoas, principalmente em famílias com filhos pequenos. Assim, as frutas passam a ser os alimentos mais indicados nessa situação, representam uma opção saudável e de baixo valor calórico, pois cada porção contém em média cerca de 60 calorias. Em algumas praias é possível encontrar frutas sendo comercializadas nos calçadões e/ou em barracas. Para quem não conta com esta infra-estrutura, o melhor é levar frutas de casa, preferencialmente armazenadas em recipientes térmicos", recomenda a nutricionista. 
Milho verde com manteiga
O milho verde é uma das melhores opções comercializadas nas praias. "Representa uma fonte alimentar nutritiva, rica em carboidrato, e, diferentemente dos aperitivos, esse alimento é capaz de matar a fome e manter a saciedade por um período mais prolongado. Cada espiga média de milho apresenta mais ou menos 130 calorias, valor calórico equivalente a uma colher de sopa de manteiga. Logo, a principal recomendação em relação ao milho é abrir mão da manteiga. Vale a pena ressaltar a importância de se utilizar pouco sal na hora de consumir o alimento", diz Amanda. 
Sorvete de chocolate
Os picolés cremosos mais simples de chocolate costumam ter em torno de 100 calorias, mas há versões que podem ter até mais de 200 calorias. "Os picolés de fruta são excelentes alternativas para substituir os picolés cremosos. Além de não ultrapassarem mais de 60 calorias, são fontes importantes de hidratação para o consumo na praia", explica a nutricionista
Queijo coalho
Espetos de queijo coalho, apesar da aparência inocente, são alimentos de elevado valor calórico. Cada espeto de 60g contém cerca de 200 calorias. "Esse valor calórico é semelhante ao de um sanduíche preparado com 2 fatias de pão integral, 2 fatias de peito de peru e uma fatia de queijo minas frescal. É claro que não encontramos sanduíches como esses na praia. Mas só conseguiremos manter a boa forma no verão, se programarmos melhor a nossa alimentação na praia", recomenda a nutricionista do Citen
Pastel e acarajé
Pastéis e acarajés são frituras tradicionais nas praias. E como qualquer fritura, contêm elevado valor calórico. Cada unidade de acarajé tem em torno de 300 calorias. O pastel pode variar entre 450 - 900 calorias, dependendo do tamanho e do recheio. Além disso, o óleo utilizado para a fritura, muitas vezes, é reutilizado ou passa um dia inteiro sob altas temperaturas. Essa prática produz substâncias que aumentam o risco de desenvolvermos doenças cardiovasculares. "As alternativas mais seguras e menos calóricas para estes petiscos são os sanduíches naturais. Mas é de fundamental importância que a compra desses alimentos seja feita em estabelecimentos de confiança. Se isto não for possível, o ideal é preparar o lanche em casa e transportá-lo em recipientes apropriados", aconselha Amanda
Camarão frito
O camarão não é um alimento de alto valor calórico, entretanto, quando frito, essa característica é perdida e cada espeto alcança um teor calórico de mais ou menos 250 calorias. Quando a mesma quantidade (100g) de camarão cozido, assado ou grelhado não ultrapassa 100 calorias. "Assim, o ideal é buscar estabelecimentos que ofereçam espetos assados ou grelhados. Encontrar esse tipo de estabelecimento na praia não será uma tarefa fácil, mas se o consumidor começar a exigir novas formas de preparos, é possível que esse panorama mude, já nos próximos verões", alerta a nutricionista
Tapioca
Uma tapioca sem recheio contém em torno de 200 calorias, quantidade equivalente a cerca de 10 colheres de arroz. Com recheio, essa iguaria pode ultrapassar 400 calorias. Esse é um valor calórico de um prato de refeição completo: arroz, feijão, peixe grelhado e salada variada. "Assim o consumo de tapioca poderá ser uma boa opção na praia, se a intenção for substituir uma refeição. Caso contrário, o ideal é buscar um bom restaurante para um almoço nutritivo e completo", avisa Amanda Epifânio
Raspadinha
As raspadinhas aparentemente são boas fontes de hidratação na praia, entretanto, é fundamental conhecer a procedência do gelo empregado, pois esse é um ingrediente de elevado grau de contaminação. "Como certificar-se sobre a procedência do gelo é muito difícil e uma raspadinha de groselha apresenta mais ou menos 150 calorias, o equivalente ao consumo de dois picolés de frutas... Muito mais seguro é optar pelos picolés, que também apresentam efeito hidratante semelhante ou superior ao da raspadinha"
Refrigerante gelado
"Cada lata de refrigerante tradicional contém cerca de 150 calorias. Quando consumidas em suas versões light, as calorias são reduzidas a zero. Se o consumo de refrigerante for utilizado para reduzir ou substituir a cerveja, pode representar uma excelente opção", destaca Amanda
Cerveja
As bebidas alcoólicas são os grandes perigos das praias. "Além do teor calórico considerável, cada lata de cerveja contém 175 calorias, o álcool é um potente desidratante. Existem as versões de cervejas sem álcool, que reduzem em mais da metade as calorias (60 calorias/lata) e não apresentam o efeito indesejável da desidratação. Mesmo assim, as melhores fontes de hidratação na praia ainda são a água de coco e a água mineral", informa a nutricionista
Caipirinha
Para quem não resiste a uma caipirinha no verão, a melhor opção é consumir as versões preparadas com saquê. "Enquanto uma caipirinha preparada com vodka pode chegar a um valor calórico superior a 300 calorias, as preparadas com saquê não ultrapassam 120 calorias. Mas vale a pena ressaltar mais uma vez: o consumo de água deve ter prioridade nas praias, para fugir da desidratação e para manter a boa forma nas férias de verão", conclui Amanda Epifânio.
Fonte: http://www.new.divirta-se.uai.com.br

E só pra lembrar que nem tudo está perdido...um pouquinho de humor, por que rir ainda é o melhor remédio!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Muffins de Chocolate e Café

Vi esses muffins no Blog da nossa querida Vinni, que todo mundo conhece não é? A moça é treinada nos muffins, tem cada um mais gostoso que o outro lá no blog dela, vai lá pra você ver!
A receita é essa: (os pedacinhos de chocolate branco coloquei por minha conta!)

Ingredientes:
-100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
-190g de açúcar
-1/2 colher (chá) de sal
-2 ovos grandes, ou 3 pequenos
-200g de farinha de trigo
-15g de cacau em pó
-150ml de café forte sem açúcar, frio
-20ml de rum
-2 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó

Preparo:
1. Pré-aqueça o forno a 180˚C. Reserve uma forma retangular com capacidade interna de 2 litros.
2. Bata a manteiga com o açúcar e sal até formar um creme claro e fofo. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem após cada adição.
3. Misture a farinha e o cacau e junte à massa intercalando com o café e o rum. Bata só até incorporar. Junte o fermento em pó e misture delicadamente com uma espátula. Não misture demais.
4. Coloque na forma reservada e asse por 30-40 minutos ou até que passe no teste do palito.

Prefiro polvilhar açúcar de confeiteiro à usar cobertura
Super aprovados!

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

São Paulo pra comer

São Paulo, a capital gourmet do nosso país...Mesmo que você não se ligue tanto em comida, é impossível não se deliciar nessa cidade. Eu costumo aproveitar bastante as dicas dos blogs amigos, e a dica desse delicioso restaurante veio da Fabiana, do Figos & Funghis, "Bistrot da Sara", muito charmoso, com um cardápio super diversificado, além das opções do buffet.  Fica no Bom Retiro, é uma ótima opção pro almoço. Nem preciso dizer que adorei né?
São Paulo é o paraíso pra quem gosta de comer bem! Claro, essa cidade reúne amostras da gastronomia do mundo inteiro. Pense no que você quer comer: uma feijoada, comida mineira, fast food, slow food, comida japonesa, chinesa, francesa, italiana aos montes...e ainda tailandesa, hebraica, turca, libanesa, ou...como foi o meu caso ao escolher um restaurante pra jantar...comida indiana, uma das minhas preferidas...
O Mercado Municipal de São Paulo é visita obrigatória. Não há como resistir ao delicioso e único pastel de bacalhau, o enorme sanduíche de mortadela, sem falar nos sucos super variados da fruta que você imaginar! No segundo andar ainda tem vários restaurantes se você tem tempo e prefere almoçar com mais conforto.
Eu não resisto às bancas de "secos e molhados": bacalhau da melhor qualidade, azeitonas, frios, embutidos, bebidas importadas, frutos secos, azeites...ou na loja de temperos incríveis, farinhas das mais variadas, e as frutas...ah, as frutas exóticas que não se encontra fácil em outros lugares...são únicas do Mercadão, os preços são bem salgados, mas...vale à pena dar nem que seja uma olhada não é?

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

São Paulo, a capital cultural do Brasil

Um pouco mais de cultura sempre nos faz muitíssimo bem, e uma das coisas das quais eu sinto falta na minha cidade são os museus...mas São Paulo está repleta deles, não se compara à maluquíssima Amsterdã, onde existe museu pra tudo que Deus, ou o Demo, criaram...mas na capital cultural do nosso país, você vai poder assistir à exposições, mostras das mais diversas expressões de arte, fotografias, culturas estrangeiras, além de um museu dedicado a um dos nossos maiores patrimônios: o futebol. 
E sendo São Paulo cidade do mundo que possui o maior número de pessoas que falam o português recebeu com muita dignidade um museu totalmente dedicado ao nosso idioma. 
Fiz questão de conhecer a moderna obra que está  que está instalada no centenário prédio da  Estação da Luz, que foi totalmente restaurado e adaptado para receber este complexo.
Vale à pena uma visita, especilamente para visitar a exposição "Fernando Pessoa", que fica em cartaz até fins de fevereiro; se informe em:
http://www.museudalinguaportuguesa.org.br/

E falando em Estação da Luz, outra acontecimento que me chamou muita atenção foi poder ver de perto o piano do "Projeto Pianos de Rua," pianos espalhados em vários pontos da cidade, onde qualquer um que estiver passando pode se sentar e fazer o seu concerto particular.
Veja mais em: http://www.pianosderua.com.br

Essa é a cidade que a todos dá oportunidade, a capital cultural do nosso pais.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A cidade de São Paulo, mesmo sendo uma senhora 457 anos, é maravilhosa!

São Paulo é meu destino favorito quando penso em viajar...mesmo que seja a trabalho, dou um jeitinho de "esticar" a minha estada e curtir um pouquinho desta caótica, mas maravilhosa metrópole! Afinal, no Brasil não existe lugar melhor pra você respirar um pouco de modernidade, matar a sua sede de cultura, e também a sua fome da ótima e rica gastronomia...eu adoro, me sinto muito bem, procuro aproveitar cada minuto, e volto para minha tranquila Belo Horizonte muito feliz e realizada, sempre! 
Pra você que mora nessa fabulosa cidade, ou que terá a oportunidade de estar por lá em breve, deixo as dicas dos passeios que eu fiz, se você também gosta, aproveite!

Dois musicais fantásticos: 

A Gaiola das Loucas
Um dos maiores sucessos do teatro atualmente, a versão da peça escrita em 1973, e estrelada pelos renomados Falabella, e Diogo Vilela, magnifíco na pele de "Zazá" reúne uma produção gigantesca, com bailarinos ou seriam bailarinas fantásticas, figurinos riquíssimos, cenários chiquérrimos, tudo isso no magnífico teatro Bradesco...vale e muito à pena pagar R$100,00 pelo ingresso! 

Mamma Mia
Versão brasileira, ótima por sinal, do espetáculo que estreiou em Londres há onze anos e ainda faz sucesso na Broadway, onde está em cartaz desde 2001. Um sucesso, com ótimos atores, cantores da melhor qualidade, fica difícil dizer  se gostei mais da versão brasileira ou da americana, super recomendado. Está no teatro Abril. 

Apesar de adorar teatro, também gosto de comer bem, e visitar museus, então, no próximo post, um tantinho mais de São Paulo pra você!