sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Galinha Preta?

Não são aquelas galinhas pretas que muitas vezes vimos servidas com farofa e outros balangandãs em oferendas das religiões de origem africanas; pelas praias e encruzilhadas desse nosso país.
Não, essas galinhas são originárias da China, onde são bastante apreciadas como iguaria gastronômica.
Preparações com a "Silkie Chicken" como é comumente chamada são muito difundidos em outros países orientais como o Vietnã, Camboja e Malásia
As galinhas "silkie" são dóceis, e por isso muitas vezes são criadas como animais de estimação
Tem uma plumagem branca e macia que remete à seda, de onde vem então seu apelido"silkie", contrastando com sua carne e seus ossos que são totalmente negros.
Quem já comeu garante que o gosto não tem nada de diferente...é carne de galinha do mesmo jeito...sei não...
Eu não teria muita vontade de experimentar não...e você? 
Aceita uma galinha preta?

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A torta de maçã mais gostosa do mundo!

Uma das tortas de maçã mais gostosas que eu já tive a oportunidade de fazer, e comer, claro!
Uma maravilha que eu tenho copiada a muito tempo Blog Avental Engomado, e
que já repeti em algumas ocasiões.
Recomendo muito que você experimente, pois eu tenho certeza que você vai me dar razão!
 
Sirva como sobremesa, com uma bola de sorvete, naquele almoço ou jantar especial... 
Ou no lanche da tarde pra fazer bonito e agradar à sua família ou amigos, 
Ou melhor, sirva-se de uma xícara de chá ou café, uma fatia dessa maravilha, e agrade e se agrade, você merece!
 
Torta de maçãs em camadas  

Ingredientes:
- 2 xícaras de chá de farinha de trigo
- 2 xícaras de chá de açúcar
- canela (a gosto)
- 800g de maçãs maduras
- 120 g de margarina 
Modo de fazer: 
Misture a farinha e o açúcar. Descasque as maçãs e corte-as em rodelas não muito grossas.
Arrume numa assadeira de 24 cm uma camada fina da farofa (farinha e açúcar que você misturou), e coloque por cima pedacinhos de margarina,cobrindo toda a extensão da forma. Cubra com uma camada de maçãs em rodelas salpicadas com canela e assim sucessivamente, até completar a forma, sendo que a última camada deve ser de farofa.
Por último, bata 3 ovos inteiros e jogue sobre a última camada.
Leve ao forno em temperatura média, até dourar.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Mulheres X Comida

Não se tratam de fotografias, mas sim de pinturas em óleo sobre tela nas quais o americano Lee Price retrata a curiosa e solitária relação entre as mulheres e a comida
Os nomes dados aos quadros são bem sugestivos:
"Grilled Cheese II"  "Happy Meal"  "Jelly Doughnuts" "Cherry Cheesecake"...
Mais uma vez a arte aliada à gastronomia...eu acho fantástico, e você?

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Atendendo a pedidos, os segredos do bom souflê!

Desde a publicação do post anterior, recebi alguns emails pedindo dicas para a preparação de um bom souflê, como fazer para o souflê não murchar e etc...então, aqui estão alguns pequenos "truques" e dicas pra que você possa preparar um souflê sem stress, e sem a decepção de vê-lo se desmanchar todo à sua frente!

1. É recomendável que os recheios ou aromatizantes do suflê sejam marcantes. Isso porque o acréscimo das claras batidas tende a diluir o sabor. Os ingredientes mais comuns são queijos,  frutos do mar ou carnes cozidas bem picadas, vegetais, verduras frescas e cogumelos.

2. As gemas devem ser acrescentadas à base uma a uma, em fogo baixo, sem parar de mexer. ( muitas vezes é preferível até apagar o fogo e fazer esse procedimento com calma)

3. As claras devem estar em temperatura ambiente e serem batidas na batedeira até que adquiram consistência de neve firme (uma pitada de sal pode garantir o seu trabalho com maior rapidez)

4. Ao adicionar as claras à mistura, tome muito cuidado, essa tarefa deve ser feita de modo bem delicado!

5. A forma deverá estar bem untada e enfarinhada ou você poderá ainda polvilhar queijo ralado para os souflês salgados, ou açúcar para os souflês doces,  fica delicioso!

6. Pré aqueça o forno pelo menos 10 minutos antes de levar seu souflê ao forno, mas cuidado com a temperatura, forno quente demais vai queimar o souflê na superfície e deixá-lo cru no meio

7. E finalmente, saiba que o souflê só vai à mesa quando os comensais já estiverem sentados, aguardando por ele...que não espera ninguém

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Souflê de mandioquinha e queijo minas e o prazer de cozinhar

O preparo do souflê sempre me faz testar minhas habilidades na cozinha...Fazer souflê me faz ter certeza que cozinhar me dá muito prazer...misturar claras com outros ingredientes e ver tudo isso se transformar é ter a perfeita compreenção que o ato de cozinhar é uma maravilhosa alquimia!
 Nunca se esqueça: O souflê nunca espera os seus comensais...e sim o contrário!

Souflê de mandioquinha e queijo minas 

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de manteiga
cebola pequena picada
meio quilo de mandioquinha cozida e passada pelo espremedor
ovos
1 colher (chá) de sal
1 lata de creme de leite
meia xícara (chá) de queijo Minas ralado
1 colher (sopa) de salsa picada

Junte a mandioquinha e deixe cozinhar um pouco. Bata no liquidificador a mandioquinha, as gemas, o sal, o creme de leite  e o queijo parmesão. Reserve.
Bata na batedeira as claras em neve e misture-as delicadamente ao creme de mandioquinha.
Junte a salsa e coloque a massa em uma fôrma com bordas altas untada 
Leve ao forno médio (180°C) pré aquecido por cerca de 50 minutos ou até que o suflê esteja crescido e levemente dourado.
 
"O suflê é antigo. No século XIX, Antonin Carême, o “chef do reis”, já fazia anotações de suas experiências com o prato. Na tradução para o português, o termo francês soufflé é o mesmo que “soprado”. Esse sopro de delicadeza que caracteriza o prato é dado pelas claras em neve. Elas são a alma do suflê, dão volume e leveza. Bem batidas e firmes, elas são incorporadas a uma massa base, que costuma ser molho bechamel, para as receitas salgadas, e creme de confeiteiro, para as doces."