sábado, 15 de outubro de 2011

Revivendo Prazeres - Tortellinis de frango defumado com molho de gorgonzola

Resolvi testar as minhas aptidões italianas, e até que não me saí mal...achei que minhas massinhas não ficaram muito feias...
O recheio que eu usei não tem nada de tradicional (frango defumado com requeijão), muito menos o molho (gorgonzola com creme fresco e um toque de noz moscada), mas a combinação de uma coisa com a outra me satisfez, e isso é que vale!
Se você gostou da idéia, pode fazer, não vou te desapontar não!!!
Para massa caseira, uso 01 ovo para cada 100g de farinha. (metade de farinha de trigo especial e metade de farinha de grano duro) + 1/2 colher de café de sal . Trabalhe a massa com energia mas sem sovar. Se ainda estiver muito seca, acrescente um pouquinho de água. Quando desgrudar da sua mão e estiver lisa mas não elástica, você vai cobrir com um pano ou plástico e deixar por meia hora antes de trabalhar com ela, isso é muito importante!
Essa proporção é a mesma para massas caseiras em qualquer formato.
O recheio eu fiz assim: carne de frango defumado passado no processador com requeijão cremoso, e temperos ou ervas.
E o molho, nada mais é do que 100g de gorgonzola para cada 250ml de creme de leite fresco + uma pitada de noz moscada
 
Espero que tenha sido clara, mas se alguém se interessou e não entendeu, levanta a mão!
 
# série de postagens programadas, estou em viagem

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Revivendo Prazeres - Muffins de Chocolate e Café

Receita:
 
- 100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
- 190g de açúcar
- 1/2 colher (chá) de sal
- 2 ovos grandes, ou 3 pequenos
- 200g de farinha de trigo
- 15g de cacau em pó
- 150ml de café forte sem açúcar, frio
- 20ml de rum
- 2 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó
 
Preparo:
 
1. Pré-aqueça o forno a 180˚C. Reserve uma forma retangular com capacidade interna de 2 litros.
2. Bata a manteiga com o açúcar e sal até formar um creme claro e fofo. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem após cada adição.
3. Misture a farinha e o cacau e junte à massa intercalando com o café e o rum. Bata só até incorporar. Junte o fermento em pó e misture delicadamente com uma espátula. Não misture demais.
4. Coloque na forma reservada e asse por 30-40 minutos ou até que passe no teste do palito. 
 
Obs: Como recheio usei pedacinhos de chocolate branco
  
# série de postagens programadas, estou em viagem

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Revivendo Prazeres - Torta de merengue com frutas

Fiz assim: 

Assei dois discos de merengue, feitos dessa forma: 

Ingredientes do merengue:

- 3/4 xícara de claras 
- 1 e ½ xícaras de açúcar 
- 1 colher (chá) de amido de milho 

Modo de Preparo:
Prepare os discos de merengue com antecedência, colocando as claras e metade do açúcar em uma tigela de inox e levando a tigela ao banho-maria. Cozinhe mexendo até sentir que a temperatura das claras esta um pouco acima da do corpo, cerca de 38 graus. Retire do banho-maria e leve à batedeira inicialmente em velocidade lenta e depois mais rápida. Bata até que as claras estejam firmes. Misture o açúcar restante ao amido de milho e peneire sobre o suspiro. Vá misturando lentamente com uma colher de pau. 

Com um prato (cerca de 25 cm) risque um disco em 2 folhas de papel manteiga, coloque o papel em uma assadeira ou duas se necessário. Encha um saco de confeiteiro com o suspiro e utilizando o bico de 1 cm faça uma espiral preenchendo o desenho do prato. Faça o mesmo com o outro desenho para obter 2 discos de merengue. 

Pré-aqueça o forno a 170ºC (médio) e coloque o suspiro. Asse por exatos 15 minutos, desligue o forno e mantenha o suspiro secando por 6 horas. Não abra a porta do forno durante este tempo. Retire os discos do papel manteiga, e recheie a gosto. 

Como recheio, e cobertura - creme chantilly - creme de leite fresco bem gelado, na proporção de 300g para 03 colheres de sopa de açúcar, batido na batedeira em velocidade baixa até dar o ponto.E frutas frescas...kiwi, manga, pêssegos e cerejas 
Ah, passa um geleia derretida nas frutas, da um brilho... 
Para um acabamento perfeito, açúcar de confeiteiro peneirado

# série de postagens programadas, estou em viagem

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Revivendo Prazeres - Risoto de Camarão e Limão Siciliano

A receita é essa aqui: 

- 1 kilo de camarão comprado com casca (camarão médio) 
- 1 xicara de chá do suco de limão siciliano 
- 2 colheres de sopa da casca do limão ralado(só a parte de fora!a amarelinha!)..)  
- 5 colheres (sopa) de azeite de oliva  
- 1 cebola média picada  
- 2 xícaras (chá) de arroz carnaroli ou arbóreo 
- 1 taça de vinho branco seco  
- 2 colheres (sopa) de manteiga 
- 4 colheres de sopa de parmezon ralado (de preferência ralado na hora!)  
- sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto 

Modo de Preparo:
Lave os camarões, retire as cascas e cabeças e coloque numa panela(cascas e cabeça) com sal e agua(1 litro)..leve ao fogo para ferver desligue, coe e reserve! Tempere com o sal e a pimenta-do-reino o camarão e reserve. Raspe a casca do limão e reserve-a. Parta o limão ao meio, esprema o suco e coloque numa vazilha. Numa panela alta, coloque 3 colheres (sopa) de azeite de oliva e a cebola. Leve ao fogo e refogue, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar transparente. Junte o arroz e refogue, mexendo rapidamente e sem parar, por 5 minutos, ou até os grãos ficarem brilhantes e agrupados. Acrescente o vinho e o sal e misture. Adicione 1/2 xícara (chá) da água que cozinhou as cascas e cabeça do camarão,fervente e deixe cozinhar, mexendo sem parar e raspando o fundo e as laterais da panela, até não ter mais líquido. Continue o cozimento e, a cada minuto, despeje 1/2 xícara (chá) da água fervente. Não pare de mexer, raspando o fundo e as laterais da panela até o arroz ficar al dente!nesse momento acrescente o camarão e mexa bem!coloque ,o suco do limão tambem!. O risoto estará pronto quando o grão ficar macio, mas firme. O resultado deve ser uma preparação úmida e sem caldo. Adicione as raspas de limão reservadas e a manteiga. corrija o sal e retire do fogo.coloque o queijo ralado Tampe a panela e sirva depois de 3 minutos. Se preferir, decore com limão siciliano.
# série de postagens programadas, estou em viagem

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Estou indo...mas o blog fica!

Amigos leitores, queridas amigas, pessoas tão especiais que me seguem de forma tão gentil:
Mais uma vez estou saindo em viagem, mas gostaria de deixar alguma lembrança pra você que é tão importante pra mim...
As receitas que foram de alguma forma marcantes no blog...coisas que saíram da minha cozinha e que eu considero imperdíveis,  que eu gostaria de compartilhar com vocês uma vez mais...
Eu sei que  você já conhece, mas não se preocupe, tem sempre uma visita nova chegando nessa casa...
À partir de hoje, os posts serão chamados de " Revivendo Prazeres"
Então, sinta-se à vontade...
Para você deixo meu abraço e digo:
Até a volta!

Começando...com:
Arroz com Peras e Capim Limão


Ingredientes:
- 02 cubos de caldo de galinha
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 1 cebola média picada
- 3 xícaras (chá) de arroz
- folhas de capim limão (erva cidreira) a gosto
eu usei 03 folhas compridas, inteiras
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 2 pêras com casca, cortadas em cubos
- 2 colheres (sopa) de amêndoas em lascas

 
Modo de Preparo
:
Ferva cinco xícaras (chá) de água e dissolva os cubinhos de caldo. Mantenha em fogo baixo. Aqueça o azeite, refogue a cebola e frite bem o arroz
Coloque as folhas de cidreira amarradas e junte o Caldo fervente. Tampe parcialmente a panela, abaixe o fogo e cozinhe até a água começar a secar (cerca de 15 minutos). Quando o arroz estiver quase completamente seco retire a cidreira. Aqueça uma frigideira à parte com a manteiga e doure as peras. Junte ao arroz, misture delicadamente, desligue o fogo e espere 5 minutos. Na hora de servir, polvilhe com as amêndoas. 
# série de postagens programadas, estou em viagem

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Compota "Spicy" de Abacaxi

Na minha opnião, existem dois tipos de pessoas no mundo:aquelas que não gostam definitivamente de cozinhar, e aquelas que trocam qualquer almoço ou jantar num bom restaurante para poder cozinhar na sua casa, experimentar uma nova receita, e ter a certeza que a comida que você produziu é a melhor do mundo: pelo menos pra você é claro!
Eu sou uma dessas pessoas, troco fácil um almoço no restaurante por uma novidade na minha cozinha, nem que isso vá significar que depois vou ter que lavar pilhas de louça...não me importo, meu prazer é maior!
Eu quis dizer tudo isso pra apresentar a vocês essa delícia de compota de abaxaxi que veio da minha amiga Sandra, do Caldeirão da Bruxa Solar.
Simplesmente não pude ficar imune à combinação do abacaxi e das especiarias...apesar de não poder contar com o pozinho mágico que ela menciona na receita, eu arrisquei, e deu tudo certo, ficou fantástico!
Veja se você também não acha esse abacaxi simplesmente divino

Ingredientes:
1 kg de abacaxi (pesado depois de descascado)
1 pedaço 2 cm de gengibre (mais ou menos)
1 colher (sopa) rasa de cravo
2 paus de canela
3 colheres (sopa) rasas de pimenta rosa
200g de açúcar * 
(*) prove a fruta para saber se é necessário acrescentar mais açúcar ou não.

Preparo:  
Pique o abacaxi em cubos, e o gengibre em tirinhas 
Leve ao fogo: abacaxi, gengibre, açúcar, cravo e canela 
Quando amolecer adcione a pimenta rosa 
Continue no fogo até virar compota  
Com as cascas que sobraram do abacaxi, preparei esse delicioso chazinho.
Não é nada demais, mas achei que devia mostrar essa idéia aqui, pois em tempos de auto sustentabilidade, sermos ecologicamente corretos, e aproveitar inteiramente os alimentos é o mínimo a ser feito!
Sabe fazer? Não? Lave bem as cascas do abacaxi, escorra, e leve à ferver com as especiarias da sua preferência. Eu coloco manjericão, anis estrelado e gengibre. Mas já fiz também com cravo e canela;;;igualmente delicioso! Ferva em fogo baixo até apurar, e ao servir, coe em pano fino e adoce à gosto, com mel é o supra sumo!

domingo, 9 de outubro de 2011

Fazendo as pazes com o bacalhau


Eu já contei pra vocês aqui  que eu não tenho a menor intimidade com esse tal de bacalhau...
Mas agora me sinto pronta para retificar o que eu disse...
Eu e o bacalhau fizemos as pazes...descobri que fazer esse delicioso peixe não é assim um "bicho de sete cabeças" como eu pensava!


Tá certo que eu ainda não sou, e acho que nunca serei uma "expert" em prepará-lo, mas eu acho que para minha digamos, segunda tentativa, até que não me saí mal...
Também essa minha invenção foi fácil, bem fácil mesmo, que é pra não correr o risco de errar muito...
Apenas um pedaço de lombo de bacalhau seco, demolhado de véspera. 
No dia seguinte, passei na farinha de trigo, e fritei em pouco azeite misturado com manteiga. 
Na verdade não fritei (não sou nem um pouco chegada a fritura dentro de casa), apenas dourei o peixe na panela.
Na mesma frigideira, tostei fatias e alho, e alcaparras e servi meu lombo de bacalhau assim, acompanhado de brocólis cozidos no vapor e salteados em azeite.
Pronto, fiquei feliz com o resultado, e quem comeu gostou!
Nada é impossível nessa vida,muito menos fazer um bom bacalhau!!!!

 Bom domingo pra você também!