sábado, 3 de março de 2012

Carpaccio de melancia...Surpreenda-se com este sabor!


O calor está nos desorientando por aqui...os termômetros estão nas alturas...pra todo lado que se vá todo munto só fala na mesma coisa: "Que calor absurdo!!!"
Com temperaturas tão altas, tudo que se quer é refrescar...procurando sempre opções mais leves para as nossas refeições.
Este carpaccio eu vi pela primeira vez no blog da minha Xará, o  http://strawberrycrumble.blogspot.com.
Depois, procurando opções diferenciadas para que meu almoço ficasse mais light, dei de cara com o carpaccio de melancia que eu havia guardado nos meus arquivos com tanto carinho e tanta vonatde de experimentar!
Sugiro que, se onde você mora também está fazendo este calor escaldante, que você prepare essa receita, e deguste, feliz da sua vida, como eu tive o prazer de fazer! 
Você vai se surpreender com este sabor, claro que vai!

Carpaccio de Melancia
Ligeiramente adaptado daqui:

Fatias finíssimas de melancia - que você deve "enxugar" com papel toalha para que percam o excesso de líquido

Molho: 
1 colher (chá) de mostarda
1 colher (chá) de molho inglês
2 colheres (sopa) de suco de limão
6 colheres (sopa) de azeite
Os ingredientes devem ser bem misturados ou batidos com um "fouet"

Montagem:
Dispor as fatias de melancia no prato, regar com o molho, por cima queijo parmesão ralado, e alcaparras.(as folhinhas são de orégano)
Temperar com pimenta do reino moída na hora e "Flor de Sal"

sexta-feira, 2 de março de 2012

Muffins de limão com cobertura


Achei essa receita de muffins no site da BBC com o sugestivo nome de "lemon drizzle muffins"...mas qual não foi a minha surpresa ao preparar a cobertura e ver que de "drizzle", algo como "chuviscados", ou "nevados"...eles não tinham nada...culpa do nosso açúcar de confeiteiro, que eu acho que tem mais amido de milho que açúcar propriamente dito na sua composição...mas deixando esse detalhe de lado, os muffins de limão são adoráveis...se portaram muito bem com meu café...então...tudo bem, tudo certo, tudo resolvido, claro que sim!  
Lemon Drizzle Muffins

Ingredientes:
2 ovos batidos
85g de açúcar refinado
240ml de leite 
100ml de óleo vegetal
300g de farinha de trigo
3 colheres de chá de fermento em pó
½ colher de chá de sal
Raspas de 4 limões

Para a cobertura:
50g de açúcar de confeiteiro
1 suco de um limão

Método de preparação
Pré-aqueça o forno a 180 C 
Forre as formas de muffin com forminhas de papel. 
Misture o ovo, leite, açúcar e óleo em uma tigela grande.
Peneire a farinha, o fermento, o sal e adicione o limão. 
Misture bem
Coloque a mistura nas forminhas preparadas
Asse por 30-35 minutos, ou até estejam dourados. 
Deixe esfriar sobre uma gradinha.
Faça a cobertura misturando o açúcar e o suco de limão.
Empregue sobre os muffins

quinta-feira, 1 de março de 2012

Clafoutis de tomate, queijo e manjericão

Uma ótima receita para um almoço ou jantar leve, rápida de fazer, é uma daqueles pratos que você faz num minuto, e fica muito feliz depois!
Sugiro servir acompanhado de uma salada verde, e uma taça de vinho.
Pra você precisa mais do que isso? Pra mim está perfeito!
Receita ligeiramente adaptada daqui:

Clafoutis de Tomates Cereja 

Ingredientes:
4 ovos
80 gr de farinha de trigo peneirada
500 ml de creme de leite fresco
100g de ricota amassada
100g de queijo parmesão ralado
sal, pimenta
manjericão
tomates tipo cereja

Modo de fazer:
Numa travessa bater com um fouet os ovos e  adicionar  a de farinha de trigo peneirada aos poucos .
Juntar o de creme de leite fresco e misturar muito bem.
Agregar os queijos à massa
Temperar a gosto com sal e pimenta moída na hora
Untar uma forma com manteiga, e dispor os tomatinhos cortados ao meio
Colocar a massa por cima, alisando com uma colher
Salpicar com as folhas de manjericão e levar ao forno para assar

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Está precisando de incentivo para incrementar sua dieta?

Confesso que tenho me excedido nos doces e afins...vocês tem visto aqui no blog...
À procura de idéias bacanas, mas que não engordem, achei estes biscoitos, que prometem ser um incentivo se você quer mesmo parar de comer...
Com mensagens como: 
"You Fat Enough" - Você já está gordo demais!!! ou...
"Hands Off!" - algo como tire as mãos de mim...ou ainda...
"Don´t fucking eat me" - muito feio para traduzir...
Biscoitos nestes formatos, de fato acabam com qualquer vontade de devorá-los a toda hora...
Acho que da próxima vez que fizer biscoitos vou tentar alguma coisa do gênero...
Vai ser a minha salvação! Oh Yes!!!!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Mousse de doce de leite com calda de requeijão e o ganhador do sorteio Tirolez

Se eu disser que esta é uma das sobremesas mais gostosas que eu já comi na vida vou estar sendo repetitiva?
Ok, está bem...eu sou uma moça que gosta de um docinho...não tenho culpa...eu adoro mesmo uma sobremesa, e essa mousse não me decepcionou, muito pelo contrário...eu comi feliz da vida...até mais do que deveria, confesso...mas agora é tarde...a ginástica tem que dar conta do recado!
Facílima de fazer, uma coisa acompanha muito bem a outra...doce de leite e queijo formam uma dupla perfeita, você vai ver!
A receita veio daqui:


Ingredientes:
2 latas de leite condensado cozido em panela de pressão por 1 hora depois de
ferver a água
2 latas de creme de leite sem soro
4 claras em neve em temperatura ambiente
4 colheres de sopa de açúcar
1/2 pacote de gelatina em pó dissolvido em 2 colheres de sopa de água e levado ao microondas por 10 segundos


Modo de fazer:
Bata as claras em neve e acrescente o açúcar aos poucos. Reserve.
Coloque o leite condensado de o creme de leite em uma vasilha e mexa com
um fouet (ou batedor) até ficar um creme liso.
Acrescente a gelatina e depois as claras.
Leve à geladeira por 2 a 3 horas.


Calda:
1/2 copo de requeijão cremoso (o copo tem 200gr)
1/4 do copo de requeijão de leite
1 colher de chá de queijo ralado (usei queijo Minas


Leve tudo ao fogo baixo até derreter. Como os requeijões possuem
consistência diferentes, observe se ficou um creme ralo, mas não aguado,
caso contrário, faça a correção aumentado o requeijão ou o leite.
Sirva quente sobre a mousse.
E falando em queijo, gostaria de anunciar o vencedor do sorteio da Sacola com produtos Tirolez.
Dentre todas as participações válidas, quem levou o prêmio foi a Lylia Diógenes, conforme o Random:
Parabéns pra ela, faço votos que ela aproveite bastante o prêmio!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

E o Oscar foi para...O Artista, merecidamente!

E quem levou o Oscar foi mesmo O Artista...merecidamente, claro!
O público em geral não entendeu, ou não quis entender...muita gente sem nem saber do que se tratava já foi logo taxando de filme ruim...mudo, em preto e branco? Como assim? Escutei tantas vezes pessoas dizendo que não iriam ao cinema pra assistir a um filme mudo...Jamais!!!!
Que pena! Muita pena eu tenho, não do filme mudo, em preto e branco...mas das pessoas que pensam assim...que já tem um pré-conceito, contra o que não é igual, o que não é conhecido, o que não é pré concebido como sendo "normal"...
A essas pessoas eu só tenho que dizer: Perderam um grande filme!

Trilha sonora do filme

Não sou grande conhecedora da história do cinema, mas me lembro muito da minha avó contando sobre o cinema do meu bisavô, seu pai,  nos anos 20,  o único cinema numa pequena cidade do interior de Minas, onde todos eram "obrigados" a trabalhar e ajudar durante as seções, e cada um, mesmo as crianças, tinham uma função. Ela e o seu irmão mais novo erem encarregados de passar o filme, que naquela época era rodado na manivela, enquanto a sua irmã era responsável pela trilha sonora, já que os filmes apesar de serem mudos contavam com uma música de fundo, geralmente executada ao vivo, e essa era a minha tia avó, ainda criança que executava ao piano.
Tenho certeza que se a minha avó estivesse viva ela iria se sentir cheia de nostalgia, mas imensamente feliz,  ao poder assistir hoje, em pleno século XXI, um filme mudo...em preto e branco!
E pra quem se interessa, um pouco da  história do cinema mudo:

Cinema Mudo

Por Ana Lucia Santana 

Nos primórdios da história do cinema, os filmes não eram seguidos por uma sonoridade condizente com as imagens em desfile nas telas, mas isso não significa que eles eram partidários do silêncio absoluto. Embora fossem remotos os sonhos de sincronizar cenas dos filmes com registros sonoros próprios, os avanços tecnológicos ainda eram incipientes, não permitiam a realização deste anseio.
A carência de tecnologia não impedia que, nos locais de exibição das películas, em teatros, óperas ou feiras, as cenas cinematográficas fossem acompanhadas por compassos tocados ao piano. Estas músicas variavam conforme o espaço no qual os filmes eram transmitidos, pois a escolha sonora dependia do ponto de vista do pianista sobre a obra exibida.
Não se sabe exatamente quem deu origem à trajetória do cinema. Personagens geniais, como Thomas Edison, no fim do século XIX, o francês Meliés e o inglês G. A. Smith, com suas primeiras tentativas, podem ser considerados pioneiros neste empreendimento, mas a história reservou aos irmãos Louis e Auguste Lumieré a honra de ter lançado os alicerces desta indústria do entretenimento.
Os primeiros momentos da evolução do cinema foram conhecidos como ‘período mudo’ entre os pesquisadores deste campo. Como os sons não podiam vir em auxílio do público, a compreensão dos filmes era realizada através da inserção de legendas, com o objetivo de tornar os acontecimentos mais claros para os que assistiam a película. Ao longo de trinta anos o que se conhecia por cinema se resumiu a esta modalidade, que já transmitia à platéia a magia que seria sua marca nos séculos posteriores, mesmo sem apoio sonoro.
Enquanto isso, vários ensaios se sucediam nesta área, na Europa e nos EUA. Apesar da ausência do som, as altas classes eram atraídas para esta esfera cultural, renovações eram introduzidas na produção dos filmes, todo o potencial desta nova arte era explorado, mas a projeção cinematográfica criada pelos Lumiére ainda não era utilizada em todas as suas inúmeras possibilidades. Esta descoberta já permitia ajustar som e imagem sincronicamente, mas os investimentos financeiros elevados que eram exigidos por esta tecnologia desestimularam os primeiros empreendedores cinematográficos. Eles preferiram aplicar seus recursos no trabalho de direção, na operação da câmara e na montagem das cenas
Na América o cinema já revelava sua vocação para a diversão, ao contrário da tendência mais elitista e conceitual da Europa. Os primeiros filmes eram exibidos em feiras, com o objetivo de entreter a platéia. Em 1912 tem fim o monopólio da Motion Picture Association, dando assim início à indústria cinematográfica de Hollywood. Os norte-americanos vêem nascer um autor do gabarito de D. W. Grifitth, e produções como Intolerance ou Birth of a Nation transformarem-se em clássicos do cinema mudo dos EUA. Emergem atores como Charlie Chaplin, Buster Keaton e Harold Lloyd, o genial trio de comediantes da era dos filmes mudos na América do Norte. Nem mesmo o advento do som apagou da história este período inesquecível da trajetória do Cinema.

Fonte: http://www.infoescola.com/artes/cinema-mudo/


Se você não assistiu, fica a minha dica, não por ter sido o ganhador do Oscar, mas porque eu tenho certeza que vai ser uma maravilhosa experiência!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Gelado de Manga da Josy...com cardamomo por minha conta!

Chega de mulheres nuas, chega de discussões sobre arte...deixemos isso pra uma próxima!
Hoje é domingo, o dia está cheio de calor, o sol brilha impiedoso, e tudo que se quer é refrescar!
As mangas ainda estão em safra, bonitas, cheirosas, chamando atenção no mercado. A gente traz um monte delas pra casa, e depois temos que aproveitá-las, claro.
A nossa querida amiga Josy deu a ideia, e a gente aproveita!
Um creme de manga muito gostoso, refrescante, e que se a gente usa adoçante no lugar do açúcar nem engorda...tanto...
Faça como ela ensinou, e se você também é fã das especiarias, faça como eu, acrescente umas sementinhas de cardamomo...te garanto que fica incrível!

Gelado de Manga

Ingredientes:
2 copos de iogurte natural ou desnatado (cada copo tem 180 ml)
1 manga descascada e cortada em cubos 
2 colheres (chá) de suco de limão
3 colheres(sopa) de açúcar ou adoçante, pra se sentir melhor!
sementes de cardamomo ( por minha conta)


Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até virar um creme. Distribua esse
creme em taças e leve ao freezer por meia hora antes de servir.
Bom domingo pra você!