sexta-feira, 18 de maio de 2012

Pavlovas de morango...ou Cestinhas de suspiro, se você preferir!

Chamadas pelos entendidos de Pavlovas, estas "cestinhas" de suspiro ficam muito boas recheadas com morango e creme, mas você pode também variar e incrementar suas cestinhas do jeito que preferir. 
Framboesas, amoras, ou ainda kiwis, mangas e pêssegos costumam combinar muito bem.
Uma ótima opção de sobremesa pro fim de semana, pode apostar!


Ingredientes:
4 claras
225g de açúcar de confeiteiro
1 colher de café de amido de milho
1 pitada de sal
1 colher de chá de vinagre

Recheio: morangos e creme chantilly

Modo de preparo:
Preaquecer o forno a 180ºC. Numa batedeira, bater as claras em neve até que fiquem bem firmes, adicionar o açúcar, pouco a pouco, e misturar bem para que se incorpore às claras. Finalizado o açúcar, bater novamente por mais 4 minutos, adicionar uma pitada de sal, o vinagre e, finalmente, o amido de milho. Despejar o merengue numa assadeira forrada com papel-manteiga untado, e colocar para assar por meia hora em forno muito fraco. Assim que o merengue estiver seco, mas não dourado, desligar o forno e deixar esfriando dentro dele. Desenformar, retirando o papel-manteiga com cuidado. Depois de frio, rechear conforme sua preferência.
Neste caso usei morangos com chantilly.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Tomou o suco, e comeu o copo?

Você já pensou em tomar sua bebida predileta e comer o copo? 
Criação dos designers novaiorquinos da "The Way We See The World", os copos Jelloware são o que há em matéria de sustentabilidade.
Tudo bem se comer copos não é lá a "sua praia"...você pode simplesmente descartá-los jogando-os na grama, ou em qualquer área verde, pois os copos são confeccionados em ágar-ágar, material que se decompõe rapidamente, e se transforma em adubo e nutrientes benéficos para as plantas e o solo.
Os "Jellowares" são fabricados com sabor, e o consumidor pode escolher o que mais combina com sua bebida. Por enquanto os copos são oferecidos nos sabores limão e manjericão, gengibre e hortelã e alecrim e beterraba, mas os caras, que não dormem em serviço, já estão desenvolvendo o Absolut Edible, que promete potencializar o sabor de bebidas com vodka Absolut.
Só não abuse, cuidado com os excessos:
O fabricante alerta para o fato de que não se deve ingerir mais de 3 Jellowares por dia, pois o ágar-ágar possui propriedades laxativas. Também devem ser guardados na geladeira caso não sejam consumidos de imediato, já que por serem feitos de gelatina existe o risco de ficarem um pouco pegajosos.
No mais, um brinde à sustentabilidade! 
Tim Tim!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Sopa de Legumes Amarelos

O frio chegou por aqui com toda a sua força...as temperaturas abaixaram de vez, e de repente a gente começa a tirar cobertores do armário, as botas, casacos e lenços começam a fazer parte do visual das pessoas na rua...
Eu adoro esse tempo...aliás prefiro mil vezes o inverno ao verão...
Ao chegar em casa de noite, tudo que a gente quer é uma sopinha, pra aquecer a alma, e dar uma força para ainda estudar ou terminar as tarefas do dia.
Nada mais fácil, e mais rápido também. Dê uma olhada nos legumes que você tem disponíveis, e crie a sua sopa deliciosa!
A minha sopa amarela é assim:
Cebolas picadinhas refogadas no azeite (quando tenho alho poró é uma festa!) em seguida batatas, abóbora e baroa picadas. Leve refogada.
Acrescento caldo de galinha fervente, sálvia fresca, ou outra erva da sua preferência, deixo cozinhar.
Retifico o sal, acrescento um pouquinho de páprica, pimenta vermelha (que eu adoro), mais uma fervida, experimento. Levo tudo ao liquidificador. Virou um creme.
Volto à panela, mais uma aquecida, provo de novo os temperos, um fio de azeite...um Cabernet que estava ali me esperando, algumas torradinhas...e o resto você já sabe...janto feliz da minha vida!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Comidinhas de crochê...para você que tem talento de sobra!

 Para você, que é talentosa e tem mãozinhas de fada nos trabalhos manuais...
 Olha quanta coisa linda feita de crochê...parece até que são de verdade!
Gostou? Eu também, pena que não sei nem pegar na agulha...

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Curau de Milho...o que uma mãe não faz pelos filhos

"Mãe, tirei ótimas notas na escola, fui até condecorada como a melhor aluna da série, você não acha isso bom?" Me pergunta a minha filha.
Se eu acho isso bom? É claro que sim, eu acho isso ótimo!
"Então. mãe, eu mereço um prêmio: um café da manhã especial, não é mãeeeeee!" - quase "miando". Lógico minha filha, você merece sim uma coisa bem gostosa, pode escolher, o que você quer que a "Mamis" faça pra você?
" Eu quero curau, tem tanto tempo que você não faz curau aqui em casa mãe...tô com saudade!!!, você faz né mãe?" 
A mãe faz, lógico, sai bem cedo antes de começar sua intensa e louca rotina à procura de espigas frescas de milho pra matar a saudade da madame. 
E como "Murphy" é o maior amigo das mães que procuram espigas de milho, a pobre criatura não acha as tais espigas de maneira alguma, claro!
Depois de rodar meia cidade, já quase desistindo, na sua última parada, lá estão elas, ufa!!!
E o curau, finalmente saiu, entre uma coisa e outra, feito no microondas pra poupar tempo e livrar a "barriga do fogão" 
E serviu pra provar pra mim, e pra você que também não acreditava na força desse eletrodoméstico, que ele é capaz de produzir um maravilhoso curau de milho verde, entre outras coisas, claro...
Quer saber como eu fiz? Então anota aí!

Seis espigas de milho debulhadas.
Bati no liquidificador o milho com 3 xícaras de leite. Passei a massa que se formou pela peneira.
Juntei ao líquido uma colher de manteiga.
Levei ao microondas numa vasilha própria por 20 min - atenção que cada aparelho é de um jeito, no seu
pode demorar mais ou menos tempo - na potência 70%, e misturei bem a cada 5 minutos
Depois que a mistura adquiriu consistência cremosa, juntei uma xícara (chá) de açúcar e uma pitada de sal, e levei ao micro mais 5 minutos ou até que fervesse.
Misturei de novo e deixei descansando até esfriar, lembrando de dar uma boa mexida de vez em quando.
Depois de frio, distribuí nas tacinhas, polvilhei canela em pó e deixei na geladeira com um bilhetinho carinhoso para a moça que tirou notas tão boas na escola, e que queria tanto comer curau de milho...
Ela ficou muito feliz, e eu também!