sábado, 3 de novembro de 2012

Biscoitos de Povilho e Queijo...só para te lembrar!

Eu sei que você já viu estes biscoitos por aqui muitas vezes, mas não custa nada ver de novo não é?
Os biscoitos de polvilho são presença obrigatória na mesa de café da manhã, ou no lanche aqui em casa.
Eu não dispenso por nada, depois dos muffins, são a companhia ideal pra minha xícara de café preto.

Já viu a receita aqui? Ainda não, então anota, e leve o gostinho das Minas Gerais para sua mesa também! 

Biscoitos de queijo  

Ingredientes: 
Xícara de 200ml
- 4 xícaras de chá polvilho - doce, se você tiver, eu uso azedo - é o que sempre tenho a mão
- 4 xícaras de chá queijo Minas curado
- 1 xícara de chá com menos de um dedo da borda de óleo 
- 1 xícara de chá leite onde misturo uma colher de sopa de suco de limão
- 4 ovos
- 1colher de sopa rasa de sal 

Misturar tudo e amassar bastante. Modelar os biscoitos e assar em forno pré aquecido   
Se você não quiser assar todos, pode congelar, dessa forma:
O restante fazer congelamento em aberto, depois armazenar em saquinhos e conservar no freezer. Quando for preciso, é só ligar o forno, esperar aquecer, e colocar os biscoitos para assar ainda congelados.
E já que este blog fala de Prazeres, posso te deixar a dica de um filme (francês, bien sûr!), que eu assisti ontem no cinema, e acho que você vai gostar.
Conta a história de cinco idosos, entre eles Jane Fonda (falando até um bom francês), que decidem morar juntos e dividir não só uma casa, mas o resto das suas vidas.
Sensível, alegre, com pitadas de humor, e também de nostalgia, eu diria que se trata de uma comédia dramática, se é que este gênero existe.
Bom sábado, divirta-se!

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Medialunas argentinas...ou Medialunas da Renata

A receita veio do Panelaterapia e confesso que os pãezinhos foram feitos meio que na pressa...justificando a feiurinha deles, mas ficaram bem gostosos, isso ficaram, pode acreditar!
Até que são bem parecidos com as verdadeiras "medialunas" que eu já comi em Buenos Aires. No sabor e textura, claro, por que na aparência...Renatinha, você seria capaz de fazer melhor...se não vivesse correndo tanto!
Mas, se  a gente tentar esquecer que não é nenhuma especialista em pães, fica tudo bom, fica tudo certinho, e a gente come feliz da vida! 

Medialunas Argentinas

Dissolver:
Dois tabletes de fermento biológico fresco, ou 1 sachê de fermento seco, em
1/2 xícara de água morna e 1 colher (sopa) de açúcar e deixe descansar por
30 minutos.

Em seguida, misture com: 
1/2 xícara de água morna
2/3 xícara de açúcar
2 ovos
100 gramas de manteiga amolecida em temperatura ambiente
2 colheres (sopa) de casca de laranja
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
Farinha até desgrudar das mãos (usei cerca de 500 g) - vá colocando a farinha aos poucos

Despejar a massa sobre a mesa e sovar bem. 
Deixe descansar em local aquecido coberto com filme plástico 
Quando a massa dobrar seu volume, abra na espessura +/- 0,5cm em formato de círculo. 
Corte como se fosse uma pizza, para formar triângulos.
Pegue 1 triângulo, pincele com manteiga derretida, e enrole da parte mais larga para a mais fina. 
Aperte as pontinhas e dê o formato de meia lua.
Coloque na assadeira untada com um pouquinho de margarina ou manteiga.
Pincele com uma mistura de 1 ovo + 1 colher (sopa) de água. 
Leve ao forno pré-aquecido em 200ºC por cerca de 20 minutos aproximadamente.
O bairro de La Boca, com o "Caminito", um dos cartões postais da cidade de Buenos Aires, que por sinal é bem bonita e agrada em cheio aos brasileiros...cada vez mais brasileiros...

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Além de hipocondríaco você não passa sem um docinho?

Nada do que você está pensando...
Estas pílulas são até bastante inocentes, pois dentro delas tem apenas balinhas de açúcar.
Um consolo para aqueles que não podem se desgrudar da sua bolsinha de remédios, e que também não ficam sem um docinho
Não é o meu caso não, mas que a ideia é boa, isso é!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Beterrabas com alho e cominho à maneira marroquina

Você gosta de beterraba? Eu adoro! 
Acho que beterraba combina bem com calor, embora este legume seja bastante usado em países de clima frio também.
Esta receita é super simples de fazer, mas tem um paladar intenso e original, é daquele tipo de comida que me fez viajar, aquela coisa minha que você já conhece bem...
No livro delicioso "A Cozinha marroquina" ela vem com a seguinte denominação: 
"Chmandar bi attoum oua al kamoun"...me pergunta se eu não tive vontade de  ir correndo pro Marrocos?
Se você também gosta de beterraba, anote a receita, é deliciosa!

Beterrabas com alho e cominho

3 beterrabas médias
1 dente de alho
alguns ramos de salsa
1 colher (sopa) de suco de limão
1 colher (café) de cominho em pó
1/2 colher (chá) de grãos de cominho
2 colheres (sopa) de azeite
sal e pimenta do reino a gosto

Lave as beterrabas. Coloque-as inteiras para cozinhar em bastante água. Escorra e deixa esfriar
Descasque o dente de alho, pique-o após retirar o germe.
Pique a salsinha
Descasque as beterrabas, corte-as em cubos e coloque-as em uma saladeira, adicione o alho e o cominho. Tempere com sal e pimenta do reino. 
Regue com o suco de limão e o azeite. Acrescente a salsa e misture.
Leve à geladeira até a hora de servir

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Camarões Thai com champignon, coco, e capim limão

Quem esteve por aqui ontem ficou sabendo da minha vontade de não ir pra cozinha, queria apenas ficar de golinhos no meu espumante, maldizendo "curtindo" o calor que fazia.
Mas nem todo mundo vive só de beber, tem gente que prefere comer...Então, lá foi a Renatinha pra cozinha dar um jeito de acalmar a fome da galera.
E lembrando-me de uma receita que uma amiga tinha me passado de "boca" num encontro rápido por aí, tentei reproduzir. E a coisa ficou boa viu minha gente? 
Sabor gostoso de comida diferente, bem do jeito que eu gosto!
Se eu comi feliz? É claro que sim!
Não existe propriamente uma receita, fui fazendo na intuição, portanto, me acompanhe, e caso tenha
dúvidas, escreva pra mim, a gente resolve ok?
Primeiro fiz o caldo: 
Refoguei no azeite um alho poró em fatias e uma ceboba bem picadinha até ficar translúcido.Então acrescentei 1 litro de água quente, uma pimenta dedo de moça picadinha, um pedaço de gengibre ralado(+ ou - 3cm), umas 5 folhas de capim limão, um colher chá de açúcar e pimenta do reino e sal na medida. Deixei fervendo em fogo baixo, até reduzir um pouco. 
Em outra panela um roux, da seguinte forma: uma colher de manteiga, derreter, uma colher de farinha de trigo, esperar a farinha dourar mexendo sempre.
Usei o roux para para engrossar o caldo, deixando ferver mexendo sempre para não embolar, e depois de engrossado, coei o caldo para outra vasilha.
Acrescente 1 caixinha de polpa de tomate (400grs) um pouco de molho de soja, 200ml de leite de coco, mais uma fervura, conferi o sal,  misturei o camarão e os cogumelhos frescos, previamente salteados no azeite.
Servi com arroz Jasmine, polvilhado com gergelim preto.

domingo, 28 de outubro de 2012

Meu domingo hoje está assim...

Meu domingo hoje está assim...
E o povo ainda quer almoço...
Pra quê?