sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Risoto de gorgonzola com pera caramelada

Um risoto é sempre bem vindo na minha vida,
O tipo de prato que "mata" a minha fome com louvor!
Risoto de gorgonzola é um clássico, e as peras carameladas vieram só para incrementar e contribuir - um casamento mais que perfeito!

Ingredientes do risoto de gorgonzola:
150 g de arroz arbóreo
100 g de queijo gorgonzola
1 cebola pequena picada
1 dente de alho amassado
1 cálice de vinho branco seco
2 l de caldo de legumes fervente
1 colher de sopa de manteiga
Azeite
Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer o risoto:
Refogue a cebola e o alho em azeite
Coloque o arroz e frite um pouco
Jogue o vinho branco e quando sentir seu aroma acrescente duas conchas de caldo de legumes, mexendo sempre
Coloque o gorgonzola e acrescente o caldo sempre que começar a secar
Por fim, quando chegar ao ponto - al dente -, desligue o fogo e coloque a manteiga
Mexa bem, decore com as fatias de pera e sirva a seguir


As peras são bem fáceis:
Partir uma pera em fatias pelo comprimento.
Levar à frigideira com meia colher de manteiga e meia colher de açúcar mascavo, deixar em fogo fraco mexendo sempre até que estejam douradas e cozidas, mas ainda firmes.
Misturar ao risoto depois de pronto


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Bolo de laranja, limão e iogurte

Inspirada pela minha amiga Maisa, do delicioso OndasdeSabores, resolvi fazer este bolinho para agradar a mim mesma no meu café da manhã desse dia que amanheceu tão cinza e chuvoso.
Vocês todos já sabem bem que café da manhã pra mim é isso, uma fatia (ou duas, ou três...) de bolo e um café preto para dar força e coragem.
No seu post ela fala sobre os famosos e tão queridos por muita gente, "bolos de caixinha". Desculpe-me se você é fã, mas eu concordo com a Maísa, bolo de caixinha tem gosto de caixinha...
Se você compra bolo de caixinha porque acha que fazer bolo é difícil, esta receita te prova o contrário.
Não dá o menor trabalho, e até quem está iniciando consegue fazer, quer ver só?
Preaqueça o forno a 180°.

No liquidificador coloque 4 ovos inteiros (pequenos) + 1 copo de iogurte natural (180ml)  + 1/2 medida do copo de iogurte de óleo vegetal + 1 1/2 medida do copo de açúcar (na receita dela vão duas medidas, eu prefiro menos açúcar)
Bata bem.
Tudo batido, acrescente à mistura à 2 medidas do copinho de farinha de trigo peneirada junto com 1 colher de sopa de fermento em pó e raspas de uma laranja, ou tangerina - eu usei as raspas de 1 limão e de 1 laranja pequena.
Misture levemente somente até que os ingredientes estejam combinados.
Leve para assar em forma untada e enfarinhada.

E aí? Vai continuar comprando bolo de caixinha?

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Da série "Coisas fúteis e inúteis, mas que eu gostaria de ter"

Muito legal essa ideia, pode ser um remédio pra muita gente!
Em tempos modernos é raro encontrar alguém que encosta a cabeça no travesseiro e dorme...
Nas suas noites de insônia, ou quando o sono demora a chegar você fica escrevendo na fronha: um poema, as resoluções pro dia seguinte, ou aquela receita que você quer muito fazer...vale tudo, até deixar um recado pra quem dorme com você!
A tinta é lavável, então, na noite seguinte, você pode começar tudo outra vez!! 
Gostou?

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Nhoque de baroa com ragu de carne

Nhoque é uma comidinha totalmente "confortável", fazendo uma alusão ao termo "comfort food" que os nativos da língua inglesa tanto gostam de usar.
Mas é isso mesmo, comidinha quente, saborosa, pra comer nos dias mais frios, de preferência no aconchego do seu lar...
Minha receita de nhoque é a seguinte:

800g de batata baroa (mandioquinha, batata amarela) - eu cozinho sem água no microondas para ficar bem sequinha
01 gema 
1 colher (sobremesa) de manteiga
3/4 de xícara (medida da xícara - 200ml) de farinha de trigo
1 colher (café) de sal

Espremer as batatas e juntar a gema, manteiga e sal
A farinha você vai acrescentando aos poucos, para que não fique muito seco
Após tudo bem ligado, é só modelar os nhoques, e cozinhá-los na água fervente. Eles estarão no ponto quando subirem à superfície.
*Sugiro que você já deixe o molho na travessa onde vai colocar os nhoques, e à medida que estejam cozidos já vão entrando em contato com o molho, evitando de ressecarem. 

Este nhoque de baroa eu servi com ragu de músculo - tipo de carne de segunda que se presta bem para este tipo de preparação.
E o que é um ragu, você pode me perguntar?
Ragu é um molho à base de tomate e carne, que é cozido em fogo lentíssimo até que o molho esteja bem apurado e a carne quase desmanchando - uma delícia!
Está servido?

domingo, 25 de novembro de 2012

Pipoca, quem não gosta?

Ontem tivemos uma festinha aqui em casa, e como estava sem estímulo para ir pra cozinha preparar "coisas e loisas", acabei por oferecer um "Popcorn Bar" aos nossos convidados.
Tudo muito simples, rápido, mas com efeito bonitinho e diferente.
Pipoca quentinha a vontade, e as coberturas pro pessoal escolher a que mais agradasse,
Doce ou salgada, cada um na sua!
 A ideia foi muito bem recebida, agradou em cheio!