segunda-feira, 6 de maio de 2013

Couscous marroquino com legumes, damasco e pinolli ao perfume de limão... + um dos filmes mais lindos que eu já vi


Couscous é um ingrediente super versátil, já disse isso aqui, aqui, e aqui, ou ainda aqui! Receitas com este ingrediente é o que não falta nesse blog, eu simplesmente adoro couscous!
Super fácil de fazer, permite mil variações e combina sempre muito bem com diversos legumes, fazendo da sua refeição algo leve, descomplicado, mas ao mesmo tempo saboroso e nutritivo.
Para preparar a sêmola não tem segredo: Sêmola especial para couscous, coloca num recipiente de vidro, ou inox. Proporção de meia medida de sêmola pra uma medida de água ou caldo (galinha, carne ou legumes) fervente. Acrescente a água/caldo ao couscous, tampe e deixe descansar por 5 min. Após esse tempo, solte com um garfo, regue com azeite e tempere à seu gosto. 


Hoje eu usei abobrinhas, cenouras, e damascos já cozidos
Cebola e alho picadinhos dourados no azeite
Misturei no couscous e temperei com raspas de limão, sal, azeite, pimenta moída na hora e uma pitada de canela.
Os pinollis garantem a crocância do prato.
Comi feliz, claro!

E agora eu quero deixar mais uma dica de cinema pra você:
Uma Garrafa no Mar de Gaza
Um filme lindo, sim, vai entrar pra minha lista dos melhores e mais lindos filmes que eu já assisti na vida
Filme que fala de sonhos, de amor, de força e coragem...
Daqueles que dá vontade de não sair do cinema pra ver se quem sabe a gente ficando ali sentado conseguimos ver o que vai acontecer depois...



"Tal é uma garota israelense de 17 anos que vive em Jerusalém. O palestino Naim tem 20 anos e vive em Gaza. Os jovens cresceram em meio à conhecida rivalidade entre os dois povos, ambientados em um cenário de destruição. Ao questionar quem é seu inimigo e o que ele realmente pensa, Tai coloca seus pensamentos em uma carta e a joga no mar dentro de uma garrafa. A mensagem chega até Naim, que passa a se corresponder com a garota pela internet. Os dois desenvolvem uma amizade perigosa o que aproxima ambos do peso da guerra..."

Aproveite o Festival Varilux de Cinema Francês, que fica em cartaz nas principais capitais brasileiras até o dia 16 de maio e vá descobrir como a força dos ideais pode mover um ser humano...fica a minha dica!

17 comentários:

  1. Bom dia Renata,
    Somos fãs declarados do couscous ou do cuscuz, esse sem dúvida ficou com uma combinação de ingredientes deveras tentadores, estão entre os nossos preferido, ótima sugestão.
    O enredo do filme também gostei e sendo da escola francesa melhor.
    Boa semana, beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  2. Me deu até fome a esta hora da manhã.
    Na falta de muffins, vai couscous mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Renata, ótimas dicas!
    Adoro couscous marroquino e estou doida para ver esse filme!
    Bjs e ótima semana

    ResponderExcluir
  4. Rê, excelentes dicas! Eu também sou alucinada por couscous marroquino. Só queria um dia ir a um restaurante e pedir couscous com cordeiro. Aí vai ser a minha realização!
    Aproveitei e fiu rever as suas outras receitas. A com berinjelas ficou linda!
    Valeu a dica, vou checar os filmes do festival e quem sabe tentar ir a algum cinema. Já de cara abri o site e vi um ator que eu adoro, o Kad Merad. Assisti o "A Riviera não é aqui", uma super comédia que vale muito a pena.
    Beijos
    Fabiola

    ResponderExcluir
  5. Ui adoro couscous, estou com um prá fazer e ainda não tive tempo!! bom demais!! bjs
    Maura

    ResponderExcluir
  6. Oi linda
    Esse teu couscous tem todos os ingredientes que eu adoro - nham, nham...
    Fiquei curiosa com esse filme, quero assisti-lo!
    Bjo grande
    Léia

    ResponderExcluir
  7. Ficou um prato lindo e deve ser muito saboroso
    boa semana
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Hummm adoro o couscous marroquino e esta sua sugestão está deliciosa, bom início de semana querida bisous !!!

    ResponderExcluir
  9. Un plato de cuscus de lujo.

    Saludos

    ResponderExcluir
  10. gosto mt faço no verao em saladas para acompanhar grelhados adorei a tua sugestao super bjs

    ResponderExcluir
  11. Huumm, tanto o prato (também adoro couscous) quanto o filme são ótimas dicas, este couscous me deu água na boca, rsrs. O filme vou querer ver com certeza!

    Beijo e boa sermana, darling!

    ResponderExcluir
  12. Renata, a sugestão do couscous me parece ótima, depois que descobri esse prato, estou sempre repetindo, mas como ele aceita várias combinações o sabor é sempre diferente!Vou procurar pelo filme, adoro cinema!
    Um abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  13. Todo esse post é em minha homenagem? rs rs rs Brincadeira... É que tudo me remeteu à Israel: o couscous, as fotos e indicação do filme também. Não era chegada a couscous marroquino até prova-lo em pratos quentinhos lá em Tel Aviv e Jerusalém. Estou para preparar uma receita que comi por lá. Mandei um e-mail para você! Beijos, Paula

    ResponderExcluir
  14. Querida Renata.
    Como você também adoramos cinema, alías é um dos hobby que todos aquí compartinham. Semana sem cinema é incompleta.
    Também ví esse filme e adorei, pena que passe em tão poucos cinemas, é mais em alguns que passam filmes de arte. É uma bela produção francesa e israelense. Em São Paulo só está passando em um cinema, pena, né.....com tantas salas ocupadas por mediocridades.
    Beijinhos e uma bela semana

    ResponderExcluir
  15. Cualquier receta con cous-cous me encanta. El toque de los piñones es genial.
    Besos.

    ResponderExcluir
  16. Hum... delícia!! Não sabia como era preparado o Couscous, só sabia comer! :)
    No ano passado, "Uma garrafa no mar de Gaza" já esteve em cartaz no festival varilux e foi quando assisti. Saí do cinema questionando várias coisas! Também achei o filme lindo!!
    Boa semana!! Beijus,

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo aqui,fique a vontade para deixar seu comentário!