quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Escuto Histórias de Amor...Quero escutar a sua!


Coloquei esta foto no Facebook ontem, e alguns amigos se interessaram por me contar sua história de amor, 
Então eu resolvi postar a foto aqui também, afinal, o nome desse blog não é Eternos Prazeres?
Quer prazer maior que viver ou ouvir uma linda história de amor?
Conta a sua história de amor pra nós, conta?

11 comentários:

  1. Renata, que massa!
    Eu vivo uma história de amor há 14 anos.
    Voltarei para ler as histórias de amor, aqui.
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Renata, vi a reportagem sobre a dona desse espaço aí, no Cenas Urbanas, ela tricota há 13 anos o que ela chama de objeto, enquanto houve as histórias das pessoas que passam e resolvem se sentar e dividir com ela suas experiências, um gesto simples e muito bonito!Infelizmente a minha própria não teve final feliz, mas aguardo sempre a chegada de uma nova, enquanto isso vivo uma deliciosa história de amor com a vida!!
    Bjs e uma linda tarde p vc!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, pretty woman,

    Ah, a minha história de amor, que já dura algumas décadas, é como a da maioria das pessoas, feita da decisão de casar com a mesma pessoa todos os dias, rsrs. Nem sempre é fácil, mas o meu entendimento sobre o casamento é idêntico ao do mitólogo Joseph Campbell, que ele expressou no texto abaixo:

    "O casamento é a reunião da díade separada. Originariamente, vocês eram um. Agora são dois, no mundo, mas o casamento é o reconhecimento da identidade espiritual. É diferente de um caso de amor, não tem nada a ver com isso. É outro plano mitológico de experiência. Quando as pessoas se casam porque pensam que se trata de um caso amoroso duradouro, divorciam-se logo, porque todos os casos de amor terminam em decepção. Mas o matrimônio é o reconhecimento de uma identidade espiritual. Se levamos uma vida adequada, se a nossa mente manifesta as qualidades certas em relação à pessoa do sexo oposto, encontramos nossa contraparte masculina ou feminina adequada".

    É isso, querida, rsrs.

    Um beijo e boa tarde!

    ResponderExcluir
  4. Renata, eu não tenho vc na minha página no FB, por isso não vi essa foto. Eu gosto da minha história de amor, mas fui pega de surpresa e estou sem o tempo necessário para contá-la! Beijos! Amei a foto e a ideia.

    ResponderExcluir
  5. Mas será que "história de amor" só se refere a amor homem-mulher?
    Pode ser uma história de amor entre mãe e filho/ pai e filho/ mãe e filha/ avó e neto/ amiga e amiga...
    Uma história de amor envolve uma ou mais pessoas, não necessariamente homem e mulher vivendo o amor.
    Minha história de amor tem muitos personagens.
    É a história da minha vida.
    No amor dos meus pais, que se amaram e se deram 10 filhos; no amor desses irmãos, que se perpetuaram e agora somos 100; no meu amor com meu amor, no amor dos meus filhos, que agora se dividem para os netos... Minha história de amor é a minha vida.
    Beijo, Renata.

    ResponderExcluir
  6. Minha história de amor é linda,
    Bordada com fios dourados.
    Ela não acabou, ainda,
    Está como estava no passado.

    Cada dia um recomeço,
    Cada dia uma conquista.
    Cada dia mais me convenço,
    Que cada me sinto florista.

    E cercado de lírios e rosas,
    Minha vida se torna mais bela.
    Cantando em versos e prosas,
    Pintando em aquarela.

    Agradeço por quem veio,
    Em minha vida um dia morar.
    Diminuiu o meu doce anseio,
    Por na vida te conquistar.

    E mesmo que a distancia,
    Posso um dia separar.
    Manteremos a substância,
    Deste nosso muito amar.

    Esta é a minha história de amor.

    ResponderExcluir
  7. NÃO..... EU TB.

    ResponderExcluir
  8. Querida Renata.
    Sempre criativa!
    Adorei e sinceramente não tenho uma só história de amor, mas sim uma para cada dia e fase da minha vida, sendo que algumas tomaram uma maior importância outras não tanto e ainda aguardo novas que sei estou certa virão.
    Minhas histórias de amor vão desde os meus pais, passando pela família, marido, filhos, profissão,amigos, minhas plantas, meus hobbies e meus animais de estimação.
    Minha grande história de amor é a minha relação com a vida.
    Beijinhos e um bom fim de semana

    ResponderExcluir
  9. Nossa... Li o comentário da Marly lá em cima. Arrasou! Que visão plena da realidade que é o matrimônio. Beijos às duas, Paula

    ResponderExcluir
  10. Oi Renata,
    Que ideia interessante, são tantas as minhas histórias os meus amores que é difícil escolher uma e provavelmente aumentaram, pois vivemos para espalhar amor.
    Beijo, bom final de semana,
    Vânia

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Renata
    A minha já está registrada no meu livro intitulado: Historietas de Amor...
    Vim aqui através do post da Lúcia de hoje... foi bom!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo aqui,fique a vontade para deixar seu comentário!