segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Arroz de Polvo...quem não se arrisca não petisca!


Aqui na minha terra, tem um dito que diz: "Quem não arrisca não petisca", e foi exatamente seguindo essa premissa que eu resolvi fazer emu arrozinho de polvo!
Com certo receio é verdade, pois polvo pra mim era um "bicho de sete cabeças"...coitadinho...
Mas o fato é que eu nunca tinha tido contato culinário com o bichinho, e prepará-lo me parecia algo assustador, 
Puro engano, pois o meu amigo polvo se portou muito bem, colaborou bastante, e me proporcionou a alegria de poder provar um arroz de polvo preparado por mim mesma, 
Foi a glória, claro que sim!



Procurando muitas receitas e maneiras na internet, acabei chegando a um modo de fazer o tal arroz, que foi esse aqui,

Ingredientes:
1 polvo médio
1 cebola cortada ao meio
1 folha de louro
¼ xícara (chá) de azeite de oliva
1 cebola picadinha
1 dente de alho picado
3 xícaras (chá) de arroz lavado - usei arroz parabolizado
½ xícara (chá) de vinho branco seco
3 tomates sem pele e sem sementes picadinhos
Sal a gosto
Pimenta-do-reino/pimenta vermelha a gosto
¼ xícara (chá) de salsinha picada - ou coentro se você gostar

    Modo de fazer:
Em uma panela de pressão, coloque o polvo, a cebola cortada ao meio, a folha de louro, água que cubra o polvo,  tampe a panela e leve ao fogo.
Assim que iniciar a pressão, deixe cozinhar por 8 minutos. Retire a panela do fogo e espere sair a pressão.
Reserve o caldo e corte o polvo em pedaços. Aqueça o azeite em outra panela e murche a cebola. Acrescente o alho e refogue-o.
Em seguida, coloque o polvo e misture. Acrescente o arroz lavado, o vinho, e misture deixando o vinho evaporar. Junte o tomate, o caldo do cozimento do polvo e, se necessário, coloque mais água quente, aos poucos - aqui vale acrescentar um tablete de caldo a sua escolha (peixe, legumes, frango, etc)
Deixe cozinhar no fogo médio até que o arroz esteja macio. 
Por fim, coloque o sal, a pimenta-do-reino, a salsinha, misture e sirva.


O meu polvo já comprei limpo, mas já ouvi dizer que os tentáculos vem cheios de areia, e que as vísceras que se encontram na cabeça e algumas cartilagens tem que ser removidas...na dúvida, é melhor comprar o bichinho limpo mesmo, não é?
Não sei se as minhas queridas amigas portuguesas (que são mestras no assunto) vão aprovar, mas o meu arroz de polvo ficou muito gostoso!

20 comentários:

  1. Delicinha, Renata!! Sou suspeita, porque adoro frutos do mar, mas conhecendo sua fama de excelente cozinheira rsrsrs só pode ter ficado delicioso!!beijão

    ResponderExcluir
  2. Está muito bom! Ainda bem que o polvo saiu bem ;) eu uma vez fiz sem panela de pressão e demorou muito, e ficou um pouco duro :/ o truque de usar a cebola funciona muito bem! (já ouvi dizer usar uma rolha de cortiça até!)
    Bem, o meu arroz é um pouquinho diferente, mas este parece-me muito muito bem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi de tudo para cozinhar polvo. Aprendi a colocar o polvo e a cebola sem água na panela de pressão. Quando chiar cozinhar por 3 minutos e só abrir quando esfriar .Dá certo, fica macio. Picar em pedaços e temperar com sal, azeite e páprica picante:fica delicioso

    ResponderExcluir
  4. Minha amiga, você arriscou e arrasou!! O seu arroz de polvo ficou lindo e delicioso !!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Renata, querida!
    Ontem mesmo fiquei paquerendo com um polvo na peixaria perto da minha casa. Acabou que eu fiquei com medo desse "bicho de sete cabeças" e não comprei.
    Você me deu coragem para testar! Vou verificar se ele é vendido limpo como o seu e vou me arriscar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Renata, nunca provei.Parece delicioso.Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Renata, o mais perto que cheguei de um polvo, foi na tv! rsrsr,
    Vendo seu entusiasmo, acho que na próxima oportunidade me arrisco a experimentar!
    Bj e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Renata querida adoro arroz de polvo e o seu tá lindo e com toda certeza delicioso, bjs e uma super semana p/ vc, Ana ;).

    ResponderExcluir
  9. Certamente todas iremos aprovar... eu já salvei aqui... morro de vontade de preparar um polvo inteiro assim... sempre compro já cortado.
    Uma tentação esse seu arroz amiga!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  10. O Tó ia gostar.. eu cá nao sou amante de polvo, mas ficou com belo aspecto ;)´
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Renata,
    Não sou especialista a preparar, sou uma grande apreciadora, este arroz de polvo ficou com delicioso sabor e aparência. Parabéns pela receita.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  12. Está um um aspecto lindo e saboroso!!
    bJS

    ResponderExcluir
  13. Adoro e esse ficou com um aspecto super delicioso.
    Aprovadissimo
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Como diria Claude Troigros. . . . . Que Maravilha. ! ! ! ! ! !

    ResponderExcluir
  15. Renata, eu não como polvo, mas que teu arroz ficou bonito, isso ficou. Me deu até vontade de experimentar kkkk
    Bjsssssssss querida

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro polvo, Renata, e sempre boto a mão pra fazer. Mas dá muito nervoso de mexer com ele cru, então só sossego quando ele sai da panela, kkkkk..

    Bjinhus..

    ResponderExcluir
  17. Conozco este refrán, también lo tenemos por aquí en catalán y en castellano los hay que significan lo mismo.
    Me encanta el pulpo y por supuesto el arroz que hoy nos presentas.
    Besos.

    ResponderExcluir
  18. Amiga Renata.
    Adoro polvo de todas as maneiras, mas o mais preferido é em arroz. Já comi muito, pena que agora não posso mais. Mas certamente pelos ingredientes e maneira de fazer está bem próximo do que a mamãe fazia, e tenho certeza estava delicioso.
    Babei só de olhar! muito bom.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. minha querida adoro arroz de polvo e o teu ele esta 5* adoreiiiiiiiiiiii bjs bs

    ResponderExcluir
  20. Confesso que não consigo comer polvo, nem lula... Mas comeria todo o resto do arroz! rs Beijos, Paula

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo aqui,fique a vontade para deixar seu comentário!