quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Vou ali...mas não demoro

Estou indo ali...
Cruzar oceano, 
Ver o que ainda não vi, 
Conhecer o que ainda não conheci,
Provar o que ainda não provei,
Não demoro,
Comportem-se meninos e meninas,
Já já estou de volta, 
Até breve,
Renata

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Biscoitinhos de Limoncello e Sementes de Papoula


Adoro biscoitinhos, seja do sabor que for, eles são sempre muito bem vindos na minha vida.
Estes são mesmo especiais, pois o sabor limoncello combina super bem com as sementinhas de papoula, que além de tudo deixam os biscoitinhos com uma crocância super convidativa, proporcionando um saborzinho de "quero mais um...e mais outro..."
Eu não usei a cobertura, pois prefiro cortar os excessos sempre que eu posso, mas se você não tem essa preocupação faça a cobertura de limoncello sim, que deve ficar tão deliciosa quanto os biscoitos.
Com cobertura ou sem cobertura, faça esses biscoitinhos,tenho certeza que você, assim como eu, vai adorar!
Biscoitinhos de Limoncello e Sementes de Papoula
xícara medidora de 240ml

Biscoitinhos:
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
2/3 xícara (133g) de açúcar cristal
1 ovo grande
raspas da casca de 2 limões sicilianos grandes
2 colheres (chá) de limoncello
1 1/3 xícaras (185g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/8 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de sementes de papoula (as minhas foram compradas fora do Brasil; vale a pena fazer os biscoitos mesmo sem as sementes)

Cobertura:

1 xícara (140g) de açúcar de confeiteiro
2 colheres (sopa) de limoncello
água quente, se necessário

Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Biscoitos: na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter uma mistura cremosa e clara. Junte o ovo, as raspas de casca de limão e o limoncello e bata para incorporar.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o bicarbonato e o sal. Junte os ingredientes secos à tigela e misture em velocidade baixa apenas até incorporar. Junte as sementes de papoula.
Faça bolinhas usando 1½ colheres (chá) generosas de massa e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 10-12 minutos ou até que os biscoitinhos estejam dourados nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras, sobre uma gradinha, por 5 minutos, e então retire com cuidado e transfira para gradinha. Deixe esfriar completamente.
Cobertura: peneire o açúcar de confeiteiro em uma tigela pequena. Acrescente o limoncello aos poucos, misturando até obter a consistência desejada (acrescente a água somente se necessário). Regue os biscoitos com a cobertura e espere secar (cerca de 15 minutos).

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Selo Literário 2013

As minhas queridas Josy e Kati, meninas que eu gosto muito, ofereceram-me carinhosamente esse selinho.
Como ler se constitui num dos meus Prazeres, eu só tenho a agradecer.
A regra diz para listarmos os livros que mais gostamos de ler em 2012, e pede que indiquemos mais alguns que gostaríamos de ler em 2013.
A minha lista é eclética, pois não me prendo muito a estilos, na verdade tenho lido mais romances, e o que eu mais gostei está aqui (a ordem não importa), entre outros muitos...

1. A Suíte Elefanta (Paul Theroux)
2. O Caderno de Maya ( Isabel Allende)
3. A Pequena Abelha (Chis Clieve)
4. A Mulher que escreveu a Bíblia (Moacyr Scliar)
5. Água para Elefantes (Sara Gruen)
6. Em algum lugar do Paraíso ( Luis Fenando Veríssimo)
7. Doce Gabito ( Francisco Azevedo)
8. O Velho e o Mar (ler Hemingway mais uma vez nunca é demais)

E, para finalizar, sem nenhuma recomendação, mas por pura curiosidade, a mundialmente famosa Trilogia dos Cinquenta Tons de Cinza...
Muito sensacionalismo a troco de nada...
Mas fazer o que...eu também sou humana né?


Livros que eu gostaria de ler este ano?
Não sei, qualquer coisa que me aparecer...

Peço desculpas por não seguir a regra, deixo aqui apenas a recomendação para que vocês leiam, sempre, não importa o que...
Como dizia minha querida e estimada avó:
"Se não tem nada pra ler, leia as bulas dos remédios, mas não fique sem ler!"