quinta-feira, 6 de junho de 2013

Bolo de Iogurte Grego e Damasco


Um bolinho dá coragem, dá força e alegria para continuar a semana...
Mesmo sem tempo, arranja-se, 
Afinal na nossa infindável lista há sempre uma receita de bolinho fácil, rápida e gostosa para momentos de aflição,
Comigo funciona bem...
Com você também?


Bolo de Iogurte grego e damascos

Ingredientes:
1 xícara (chá) de óleo
2 potes de iogurte grego 
4 ovos
2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 xícara de damascos secos - que você já deve ter deixado de molho para reidratarem - se você tiver tempo, mas se a  sua urgência for muito grande não se preocupe com isso!

Modo de Preparo:
Em um recipiente, utilizando um batedor de arame, misture bem o óleo, o iogurte e os ovos. 
Adicione a farinha de trigo, o açúcar e o fermento em pó e misture bem. 
Os damascos picados passados levemente por farinha de trigo para que não "fujam" para o fundo do seu bolo.
Despeje em uma forma para bolo inglês pequena, untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo e leve ao forno médio (180 °C), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou até que um palito saia limpo.



"Então, que seja doce.
Repito todas as manhãs,
ao abrir as janelas para deixar
entrar o sol ou o cinza dos dias,
bem assim, que seja doce.
Quando há sol,
e esse sol bate na minha cara amassada
do sono ou da insônia,
contemplando as partículas de poeira soltas no ar,
feito um pequeno universo;
repito sete vezes para dar sorte:
que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante.
Mas, se alguém me perguntasse o que deverá ser doce,
talvez não saiba responder.
Tudo é tão vago como se fosse nada."

Caio Fernando Abreu

terça-feira, 4 de junho de 2013

Torta de maçã com casquinha crocante


Tempo frio, desculpa perfeita para fazer café, e procurar uma coisinha gostosa pra comer...
No Problem, basta ir na minha "To do list" e escolher, de acordo claro, com o que eu tenho disponível na minha despensa naquele dia...
Essa delícia de torta/bolo de maçãs veio lá da minha querida Léia, e eu digo que, embora minha verdadeira intenção fosse comer apenas uma fatia, eu acabei me esbaldando...agora é tarde!!!!


Copia a receita, e veja se você consegue resistir:

Torta de maçã com casquinha crocante

Ingredientes
100 gr de manteiga
2 xícaras de açúcar
2 ovos
2 colheres (chá) de canela
2 xícaras bem cheias de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
3 maçãs cortadas em cubinhos

Modo de preparo
Misture a manteiga com o açúcar e os ovos, batendo bem até que forme um creme fofo e esbranquiçado.
Adicione a canela, a farinha de trigo e o fermento em pó. A massa vai ficar bem grossinha mesmo! Por último, adicione à massa as maçãs cortadas em cubinhos.
Cubra uma forma ou refratário com papel manteiga e espalhe a massa por igual.
Leve ao forno em temperatura média, por aproximadamente 40 minutos ou até que a casquinha fique bem durinha e, ao espetar um palito, voltem pequenos pedaços de massa.
Deixe esfriar, se você conseguir, e sirva

domingo, 2 de junho de 2013

Camarões flambados no whisky

Receita daqui

O Camarão flambado no whisky, ou camarões à Mary Stwart como são conhecidos, é uma receita clássica da cozinha francesa, e apesar de constituírem um prato muito simples de ser preparado tem sempre uma presença marcante na mesa de uma almoço ou jantar especial.
Eu confesso que cometi um "sacrilégio" com meus camarõezinhos - não retirei os rabinhos deles, pobrezinhos! - tenho vergonha de contar, mas fiquei com preguiça, já que a minha ideia original era fazer uma outra receita com esses camarões...e quando me dei conta já tinha mudado tudo, já era tarde demais!
Mas o fato dos rabinhos não atrapalhou nada, eles ficaram bem gostosos do mesmo jeito!


Camarões a Mary Stwart

Ingredientes:
1Kg de camarões limpos (tamanho médio)
180 gr de champignons (cortados ao meio)
1 lata de creme de leite (sem soro)
meia cebola picada
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de ketchup
1 colher de sobremesa de molho inglês
2 colheres de sopa de mostarda
salsinha e cebolinha (se quiser)
sal
1 dose de whisky (para flambar)
suco de 1 limão

Modo de preparo:
Limpe os camarões tirando a casca, cabeça, rabo e tripa - por favor faça isso
Tempere os camarões com o limão e um pouco de sal. Deixe uns 10 minutos na geladeira para pegar um pouco do gosto dos temperos. Depois, coloque os camarões em uma peneira para escorrer bem todo o líquido (limão) .
À parte, em uma panela, coloque a manteiga e deixe derreter. Em seguida acrescente a cebola e dê uma refogada até que ela murche, logo após coloque os camarões. Você perceberá que soltará água, o que vai ajudar na formação do molho. Quando os camarões começarem a ficar rosados, acrescente os champignons.
Assim que o camarão ficar 100% rosado, acrescente o creme de leite, o ketchup, o molho inglês e a mostarda. Mexa bem. Mantenha fogo médio. 
Pegue uma concha e coloque a dose de whisky, leve a boca do fogo e vire um pouco para que a bebida entre em contato com a chama. Assim que o whisky acender, deixe-o queimar um pouco na concha e jogue-o na panela em que está fazendo os camarões. Deixe o whisky apagar sozinho. Mexa bem
Se achar que o molho ficou muito ralo, à parte, acrescente 1 colher de sopa de maizena em meia xícara de leite frio e misture bem. Acrescente essa
mistura na panela aos poucos e vá mexendo até engrossar. Desligue o fogo. 
Se quiser, salpique um pouco de salsinha por cima.