sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Bolo Trufado de Abacaxi


Minha amiga Marly é uma artista dos bolos, no blog dela, o Saboreando a Vida, você vai poder ver, e aprender a fazer, os bolos mais maravilhosos que puder imaginar, entre outras delícias, é claro...
Eu não sou nenhuma entendida de confeitaria, mas adoro um bolinho gostoso, e tenho um gostinho especial em preparar os meus próprios bolos quando há alguma comemoração especial...
Este bolo trufado de abacaxi foi tão recomendado por ela, que não pude mais pensar em outra opção na ocasião, 
e não me arrependi, melhor, nem eu nem ninguém...o pessoal ficou tão apaixonado quanto eu,
Recomendo, mil vezes! 

Bolo Trufado de abacaxi

Massa:

6 ovos (usei só 5)
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo com fermento (se usar farinha sem fermento, acrescente à receita 1 colher de sopa de fermento em pó)
200 ml de água
100 ml de óleo

Preparo:
Bata as claras em neve firme, sem parar de bater coloque as gemas, bata e acrescente o açúcar e bata até ficar um creme fofo (para um ótimo resultado, bata por pelo menos dez minutos). Ferva a água com o óleo, despeje-os ainda ferventes sobre a mistura e bata rapidamente (bati 5 segundos). Desligue a batedeira e acrescente a farinha de trigo mexendo delicadamente com um batedor de mão (fouet). Asse em forma untada e enfarinhada e em forno médio, até que passe no teste do palito.

Recheio:
Lave bem o abacaxi antes de cortá-lo (pois você usará as cascas), descasque-o, pique-o e leve-o ao fogo com 1 xícara (chá) de açúcar e sem água, até cozinhar bem (15 minutos). Reserve. Derreta em banho Maria 1 kg de chocolate branco de boa qualidade (usei o 'Garoto') com 2 latas de creme de leite sem o soro (deixei o soro, mas isso fez com que o recheio ficasse menos firme) e 2 colheres (sopa) de conhaque (não tinha, usei aguardente). Misture ao chocolate o abacaxi já frio com o caldinho junto. Leve para a geladeira por umas 3 horas para ficar consistente.

Calda:
Com metade das cascas do abacaxi (bem lavadas) faça um chá com 1 litro de água, quatro cravinhos-da-índia e 1 xícara (chá) de açúcar.

Montagem:
Divida o bolo ao meio. Coloque uma das partes novamente na forma em que assou (forre-a antes com papel alumínio). Molhe com metade da calda, coloque o recheio, a outra parte da massa, molhe de novo e cubra com chantilly e raspas de chocolate.

Obs importantes:
Segui as dicas da minha amiga, e fiz apenas metade da calda para não encharcar demais o bolo, e no doce de abacaxi, usei somente 1/2 xicara de açúcar, pois sempre prefiro um pouco menos doce.
Se você quiser ver o bolo lindamente decorado, sugiro que visite a página do Saboreando a Vida: 
http://saborear-saboreandoavida.blogspot.com.br/2009_02_22_archive.html

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O Coração Sagrado da Minha Cozinha

A postagem original, bem como a foto ilustrativa vieram de: 

Minha Maísa Commans postou no Face, eu achei tão lindo, tão verdadeiro, e tão parecido comigo, que  quis partilhar com vocês aqui também...
Afinal, cozinhar é um ato de amor, de transmissão de energia, de entrega total...e cá pra nós: todo cozinheiro não é também um pouco feiticeiro?

Seu fogão é o coração sagrado da sua cozinha. 
Sua colher de pau é uma varinha mágica. 
Tenha cuidado para não cozinhar em raiva. 
Sempre mexa os alimentos no sentido horário, e desejando saúde, riqueza e alegria a todos que comerão desse alimento. 

Você pode dizer isso de tempos em tempos enquanto você cozinha:
"Abençoada seja esta cozinha pelos poderes do Ar, do Fogo, da Água e Terra. Que esteja aquecida pela luz sagrada divina; e tudo que for feito aqui, traga cura, amor, sustento e não prejudique ninguém. Com amor, paz, criatividade e magia... estando agora e sempre completa. Que assim seja!”. 

domingo, 25 de agosto de 2013

Carpaccio de maçã com mel, nozes e pimenta rosa

 
Você já me conhece bem, e sabe que muitas vezes por aqui eu gosto de mostrar algumas preparações que não seguem propriamente uma receita, 
posso dizer que são alguns ensaios, algumas comidinhas que nascem da minha imaginação e da minha vontade de comer alguma coisinha diferente.
O Carpaccio geralmente é feito de carne bovina, mas com certeza nós já temos visto por aí carpaccios de peixes variados, carpaccio de embutidos, de legumes, e até carpaccio de frutas, como foi por exemplo o caso desse delicioso carpaccio de melancia que eu mostrei pra vocês neste post.
 

Essa ideia nasceu assim, sem "mais nem menos" - Escutei alguém comentando alguma coisa sobre comidinhas para driblar a fome, e "pesquei alguma coisa que remetia a alguém que tinha tido a ideia de fazer um carpaccio de maçãs, coisa que não tinha mesmo jeito de engordar...
Resolvi então fazer a minha própria experiência, e aí está ela pra quem gostar poder fazer também:
Cortei uma maçã no mandolim pra que as fatias ficassem bem fininhas, arrumei num pratinho de forma harmoniosa, distribui algumas nozes, grãos de pimenta rosa, e reguei com um fio generoso de mel.
Comi feliz, e sem culpa nenhuma, meu gostosinho carpaccio de maçãs!