segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Nhoque com Ragu de Carne...quando o tradicional é o vencedor!


Sou uma pessoa inquieta, aberta à novidades, gosto estar sempre em movimento, seja na cozinha, seja na minha vida estou sempre pronta à experimentar e empreender novas experiências.
Mas tenho que confessar que parte de mim é ligada à tradições, aquela parte de mim que quer sempre voltar ao conhecido, ao que não vai me decepcionar, àquilo que eu sei que não tem como dar errado...jamais!!!
A minha massa de nhoque por exemplo, 
Depois de testar algumas outras opções eu acabo voltando na minha conhecida, pois tem ocasiões na vida que é melhor ficar com o que já se conhece bem, você concorda?


Nhoque:
800g de batata asterix (batata de casca vermelha - eu cozinho sem água no microondas para ficar bem sequinha, mas você pode assar no forno também se preferir - com casca
01 gema 
1 colher (sobremesa) de manteiga
3/4 de xícara (medida da xícara - 200ml) de farinha de trigo

1 colher (café) de sal

Descascar as batatas e passá-las ainda quentes pelo espremedor.
Juntar o restante de ingredientes, tomando cuidado para utilizar somente a farinha necessária - até que a massa não grude nas mãos - 
Formar os nhoques, e cozinhá-los em água fervente até que subam à superfície.
Escorrer bem e servir com o molho da sua preferência - aqui eu servi com o Ragu de Carne, combina super bem!

Ragu de Carne

Ingredientes:
1 kg de músculo bem limpo
1 cebola grande
4 dentes de alho 
4 tomates maduros sem pele nem sementes, picados em cubinhos
salsinha e cebolinha picada a gosto
3 colheres (sopa) de óleo de canola 
2 colheres (sopa) de extrato de tomate 
1 colher (chá) de sal 
1 tablete de caldo de carne ou outro tempero a seu gosto
1/2 colher (chá) de páprica
1,5 l de água

Modo de Preparo:
Numa tábua, corte o músculo em cubos grandes, pique a cebola e o alho em cubinhos. Reserve.
Aqueça uma panela de pressão no fogo alto por 2 minutos. 
Acrescente o óleo, o alho, o músculo e tempere com sal e a páprica. 
Refogue por cerca de 10 minutos até dourar a carne. 
Junte a cebola e o extrato de tomate e deixe cozinhar por mais 5 minutos. 
Acrescente o tomate picado e 1,5 litro de água fervente
Junte então o caldo de carne.
Tampe a panela de pressão, abaixe o fogo para médio e deixe cozinhar por 45 minutos. 
Desligue o fogo e, quando acabar a pressão da panela, destampe. 
Coloque a carne cozida num prato e desfie com um garfo volte a carne desfiada à panela e apure os temperos.
Leve ao fogo médio e assim que ferver, desligue. 
Junte a salsinha e a cebolinha para servir.

9 comentários:

  1. Olha, também adoro experimentar novos sabores e receitas, mas sempre volto ao velho tradicional...São insuperáveis!!! Beijos e boa semana pra ti! =)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Re,

    Realmente, a gente não abre mão de certas tradições e há pratos tradicionais que não devem
    jamais serem deixados de lado, rsrs. Este nhoque com certeza faz jus ao dito, pois a foto me deixou
    com água na boca, rsrs.

    Um beijo e ótima semana

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Renata,
    Também cultuo o tradicional, mas por vezes com umas adaptaçõezinhas... rsrs
    Linda apresentação, adorei, ficou muito apetitoso.
    Beijos,
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. Também sou assim, Renata, aberta à novidades, mas tem coisas que nem vale a pena mexer, como uma receita que sempre dá certo, como esse nhoque que ficou um charme como finger food.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  5. Ô Xará... golpe baixo, hein! Abri seu post bem na hora do almoço, com o estômago roncando....
    Fiquei com MUITA vontade!
    Linda apresentação, um luxo! Acho que teremos nhoque aqui em casa amanhã... rsrs

    ResponderExcluir
  6. Nunca comi mas fiquei com água na boca
    Adorava poder provar
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida Renata
    Já tinha decidido a fazer no fim de semana nhoque... só reforçou a minha vontade... rs...
    Verdade!!! A gente recorre ao que tem experiência na cozinha...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  8. Renata:
    ando meio sumida e vi que andei perdendo algumas postagens suas, como a salada com figos, o suspiro infalível da Marly, etc. Mas esse nhoque ficou com uma cara muito de.... nhoque, rsrs!
    Tá lindo! Parecem até de mentira, de tão perfeitos!
    Parabéns!

    Bjinhus..

    ResponderExcluir
  9. Renata querida,
    está uma verdadeira maravilha esse nhoque!
    Fiquei com água na boca a olhar para ele :)
    Um beijinho

    ResponderExcluir

É um prazer tê-lo aqui,fique a vontade para deixar seu comentário!