sábado, 11 de janeiro de 2014

Marrocos...Gastronômico

Na minha última viagem estive no Marrocos,
País de contrastes, de cores, odores e muitos sabores!
Tenho algumas outras fotos para mostrar à vocês, mas gostaria de começar por onde eu mais gosto e me identifico...a gastronomia,
Vem comigo, vamos saborear o Marrocos, tenho certeza que você vai adorar!



A Pastilla, especialidade típica do Magreb, é um folhado com recheio agridoce que pode variar de frango, caneiro ou mesmo carne de pombo, aonde junta-se amêndoas, e algum outro fruto seco. 
Percebi no recheio a presença da canela, e isso confere, junto ao açúcar que é polvilhado por cima, um sabor único e exótico ao prato 


As tâmaras, frutos típicos da região sul do Marrocos," nascem" em palmeiras como estas, e depois são secas ao sol para serem comercializadas.
São usadas para confecção de inúmeros doces e entram na confecção de pratos salgados também.
As tâmaras são excelente fonte de energia, e dizem que são também afrodisíacas... 


A comida marroquina, conhecida pelos sabores marcantes utiliza de forma abundante as especiarias: a canela, cominho, gengibre, açafrão e pimenta do reino, são apenas alguns exemplos. 
Merecem destaque também as azeitonas, presença forte em várias preparações, bem como os frutos secos, como as amêndoas, nozes, tâmaras e ameixas. 


O artesanato marroquino é muito colorido, e as cerâmicas sempre estão presentes nas mesas bem postas  adornadas. 


O pão está presente em todas as refeições, e geralmente são assados em padarias rudimentares e originais como esta



Especiarias, chás diversos, ervas, temperos, frutos frescos e secos, além de sabões, esfoliantes, produtos para banho, tudo é vendido nos souks, os mercados árabes, onde podemos encontrar de tudo!


O Marrocos é famoso pela produção de frutos cítricos, 
O suco de laranja, delicioso e fresco, é vendido bem barato nestes muitos carrinhos que ficam enfileirados na Praça Jemaa El Fna.


Doces típicos, encharcados de mel, sempre muito doces para o meu paladar



Por fim o chá de menta, chamado de whisky marroquino, já que no país não é costume beber álcool, é sempre oferecido como uma cortesia, tem status de boas vindas, e é sempre servido a partir de um ritual, desde à sua preparação. 



Esta é apenas uma pequena amostra, pois o Marrocos é um país imenso, recheado de delícias, de riquezas de todos os tipos, especialmente riqueza da sua gente, sempre tão hospitaleira e simpática

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Casquinhas de siri...Mesmo estando longe dos siris


Mesmo estando a quilômetros longe dos siris, a vontade de comer frutos do mar as vezes é muito forte.
E com a onda de calor que impera por essas nossas terras comer uma "coisinha" assim acompanhada de um cervejinha estupidamente gelada faz a gente muito feliz, você não acha?


Estava meio na dúvida de como preparar as "casquinhas de siri", mas dei uma olhada no Ondas de Sabores, e aproveitei a ideia da minha amiga Maísa. 
Sem muito mistério e nenhuma complicação preparei minhas casquinhas, com um único dissabor: não encontrei à venda na minha cidade as casquinhas de siri originais, e tive que me contentar com as casquinhas de plástico mesmo...fazer o que, na vida nem tudo é perfeito! 


Anota aí como eu fiz, quem sabe você também pode querer comer casquinhas de siri e tomar cerveja gelada né?

Para um pacote de 500g de carne de siri congelada

Descongelar a carne do siri, colocar numa peneira, lavar bem e apertar para tirar bem a água.
Colocar numa panela azeite e refogar uns 3 dentinhos de alho, uma cebola picadinha, uma pimenta dedo de moça sem as sementes picadinha, refogar bem e em seguida colocar a carne de siri e temperar com sal e lemon pepper. Coentro ou salsinha picada serão bem findos,
Desligue o fogo e reserve.
Em seguida, fazer um molho branco com 1/2 litro de leite, 2 colheres (sopa) de manteiga, 2 colheres (sopa) de farinha de trigo, noz moscada, cebola ralada e sal.
Derreter a manteiga, acrescentar a farinha de trigo, deixar cozinhar um pouco e ir colocando o leite aos poucos e mexendo sem parar.
Acrescentar os demais ingredientes e continuar mexendo até engrossar.
Passar por uma peneira se formarem grumos.
Misturar com a carne de siri refogada e rechear as conchas
Salpicar farinha de rosca, queijo parmesão e regar com azeite.
Levar ao forno para gratinar antes de servir.