sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

10 Things we Love About Italy



Eu acho que a minha amiga Ângela é tão apaixonada pela Itália quanto eu.
Um dia ela postou esta delícia de vídeo que exprime exatamente o espírito italiano de viver a vida, ou de comer e beber bem pela vida afora...
Eu adorei, me senti no meu país querido, nem preciso dizer que assistindo ao vídeo tive momentos de puro deleite, pena que ele é curtinho, e você tenha que assistir tantas vezes...
Não que vá te fazer mal, eu aposto que vai é te dar vontade de ir correndo pra terra onde mora a minha querida amiga Léia!
Me diga se eu não tenho razão?

A gastronomia italiana me fascina, 
as massas artesanais tem um gostinho especial...

Tomates secos ao sol são inconfundíveis no sabor

A Flor de Abobrinha,  um presente para os olhos e o paladar

Pimentas, de todas as cores, para um paladar mais apurado,

Funghis, ah os Funghi Italiani...
São a minha perdição!

Os vinhos, a Grapa, os licores de fabricação caseira,

A pizza, ícone da gastronomia italiana, 
Dizem que no sul ela é mais gostosa, 
Não posso duvidar, 
a pizza napolitana é esplêndida!

Aliás, a Itália toda é maravilhosa, dos países que eu já tive oportunidade de conhecer é o que eu mais adoro (que os outros não me ouçam!!!), 
mas eu não me canso, sua cultura, suas paisagens, sua gente, sua gastronomia, sua terra, seus mares, ali é tudo lindo, e pra é para este lugar que eu tenho vontade de voltar sempre que eu puder!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Água aromatizada, para driblar o calor absurdo deste Verão


Não me lembro de termos tido nos últimos tempos um Verão tão absurdo, com temperaturas tão altas e sem nenhuma chuva como temos presenciado nestes últimos meses.
A "coisa" está feia, haja imaginação para dar conta de tanto calor!
Sou fã de refrigerante, infelizmente tenho que confessar, uma Coca Zero pra mim é alegria pura. Mas de tanto ouvir por aí que Coca Cola faz mal, Coca Cola faz mal, resolvi, quer dizer, tenho resolvido aos poucos, trocar a minha amada Coca por líquidos mais saudáveis. Sucos naturais e água fresca tem entrado na minha vida pra valer, ainda que eu morra de saudades da bendita!
Outro dia, num calor fenomenal, recebi alguns amigos em casa e na falta de algo mais adequado, servi foi água mesmo, mas assim, com fatias de limão e folhinhas de hortelã da minha horta e bastante gelo, a jarra ficou até bem simpática, e todo mundo gostou; até eu...hehehe...confesso que pela primeira vez não senti falta da Coca Cola!
Fica a minha ideia, e pra descontrair e te ajudar no calorão, leia essa crônica do Veríssimo - olha se não é bem a "nossa" cara nas temporadas de verão na praia...Oh Maldade!!!!


O Verão
(Luís Fernando Veríssimo) 

Verão também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre, pouca cintura e muita gordura, pouco trabalho e muita micose.
Verão é picolé de Kisuco no palito reciclado, é milho cozido na água da torneira, é coco verde aberto pra comer a gosminha branca.
Verão é prisão de ventre de uma semana e pé inchado que não entra no tênis.
Mas o principal ponto do verão é... a praia! Ah, como é bela a praia.
Os cachorros fazem cocô e as crianças pegam pra fazer coleção.
Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das véias.
Os jovens de jet ski atropelam os surfistas, que por sua vez, miram a prancha pra abrir a cabeça dos banhistas.
O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo, antes do sorveteiro, quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando.
Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras, três geladeiras de isopor, cinco guarda-sóis, raquete, frango, farofa, toalha, bola, balde, chapéu e prancha, acreditando que estão de férias.
Em menos de cinqüenta minutos, todos já estão instalados, besuntados e prontos pra enterrar a avó na areia.
E as crianças? Ah, que gracinhas!
Os bebês chorando de desidratação, as crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar, os adolescentes ouvindo seus MP5s enquanto dormem.
As mulheres também têm muita diversão na praia, como buscar o filho afogado e caminhar vinte quilômetros pra encontrar o outro pé do chinelo.
Já os homens ficam com as tarefas mais chatas, como perfurar o poço pra fincar o cabo do guarda-sol.
É mais fácil achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em pé.
Mas tudo isso não conta, diante da alegria, da felicidade, da maravilha que é entrar no mar!
Aquela água tão cristalina, que dá pra ver os cardumes de latinha de cerveja no fundo.
Aquela sensação de boiar na salmoura como um pepino em conserva.
Depois de um belo banho de mar, com o rego cheio de sal e a periquita cheia de areia, vem aquela vontade de fritar na chapa.
A gente abre a esteira velha, com o cheiro de velório de bode, bota o chapéu, os óculos escuros e puxa um ronco bacaninha.
Isso é paz, isso é amor, isso é o absurdo do calor!!!!!
Mas, claro, tudo tem seu lado bom.
E à noite o sol vai embora. 
Todo mundo volta pra casa tostado e vermelho como mortadela, toma banho e deixa o sabonete cheio de areia pro próximo.
O Shampoo acaba e a gente acaba lavando a cabeça com qualquer coisa, desde creme de barbear até desinfetante de privada.
As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa da praia oferece.
Aí, uma bela macarronada pra entupir o bucho e uma dormidinha na rede pra adquirir um bom torcicolo e ralar as costas queimadas.
O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família.
Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado, babando na fronha e torcendo, pra que na manhã seguinte, faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no mesmo inferno tropical.
Qualquer semelhança com a vida real, é uma mera coincidência.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Cookies de Limão e Coco


Biscoitinhos são indispensáveis na minha vida...você já sabe, não é?
Então, da minha enorme lista eu vou conseguindo preparar um e outro, e assim vou diminuindo a lista, mas aumentando a gula...Oh Céus!!!! 
Sou um caso perdido!
A combinação de limão e coco aqui ficou perfeita, e entre um e outro café eu me senti muito feliz, ah, não posso negar!


Ingredientes:
2 3/4 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
½ colher de chá de fermento em pó
½ colher de chá de sal
1 xícara de manteiga amolecida
1 ½ xícaras de açúcar 
1 ovo
½ colher de chá de extrato de baunilha
raspas de um limão grande 
3 colheres de sopa de suco de limão
½ xícara de coco ralado tostado 
½ xícara de açúcar refinado para envolver os cookies



Instruções:
Preaqueça o forno a 180 graus. 
Forre uma assadeira com papel manteiga. 
Se você ainda não tiver o seu coco tostado basta colocar uma camada de coco em uma frigideira e levar ao fogo baixo por 5-7 minutos mexendo sempre para que não queime - Cuidado! - Ele queima muito rápido, se você sair de perto!
Em uma tigela pequena, peneire juntos e misture a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal. Reserve.
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até ficar homogêneo e muito fofo.
Acrescente o ovo, o extrato de baunilha, suco e raspas de limão.
Aos poucos, misture os ingredientes secos e o coco torrado.
Faça bolinhas, usando como medida uma colher de chá de massa para cada uma.
Passe as bolinhas no açúcar. 
Coloque as bolinhas na assadeira, longe umas das outras.
Asse 8 a 10 minutos no forno pré-aquecido até que dourem, mas não muito.
Deixe repousar na assadeira dois minutos antes de remover para esfriar sobre uma grade.
Guarde em vasilha bem tampada - se você conseguir!